Um dos principais focos da viagem da comitiva do governo de Santa Catarina a Portugal, a nova central de atendimento de emergências baseou boa parte das agendas da missão catarinense em Lisboa, nesta quarta-feira. Uma parte do grupo que está na Europa foi até a sede de cada umas forças de segurança para conhecer o formato de atendimento de ocorrências.

Continua depois da publicidade

Segundo o secretário de Planejamento, Edgard Usuy, a ideia é entender como cada corporação funciona para que se aplique em SC um novo modelo. Entretanto, o formato deve ser diferente do aplicado atualmente em Portugal.

No país europeu, há um telefone só para emergências, que é o 112. Já em SC, os números devem ser mantidos para o pedido de socorro. Porém, a ideia de centralização dos atendimentos é o que a comitiva catarinense busca entender para replicar.

Destaques do NSC Total