publicidade

Navegue por
Augusto

Esporte

Presidente do Metropolitano pede licença por motivos de saúde

Compartilhe

Por Augusto Ittner
21/09/2018 - 16h14 - Atualizada em: 21/09/2018 - 16h14

O presidente do Metropolitano, Saulo Raitz, entregou ao Conselho Deliberativo do clube um pedido de licença por 90 dias motivos de saúde. Raitz precisa desse período para uma cirurgia e tempo de recuperação, e se afastará do comando do Verdão de Blumenau.

A tendência é de que o primeiro vice-presidente, Valdair Matias, assuma o comando do clube até o fim do ano, mas isso será definido na segunda-feira, em uma reunião que vai envolver membros da diretoria executiva e do conselho. À coluna, o presidente do Metrô disse que “tem que se cuidar” e, por isso, não será o responsável pelo time durante a Copa Santa Catarina.

Leia mais de Augusto Ittner no NSC Total

Durante a semana – logo após a derrota em casa para o Hercílio Luz por 3 a 2 – chegou a correr a informação de que um atrito entre a diretoria teria motivado o pedido de afastamento de Saulo Raitz do comando do clube. O presidente desmentiu e disse ainda que diretores e apoiadores do Metropolitano fazem reuniões regulares para debater sobre a equipe. “Não tem nada a ver”, desabafou Raitz à coluna.

Depois do título da Série B do Catarinense, o acesso à elite do Estadual, a retomada do otimismo, da reaproximação do clube com o torcedor, a frase que resume essa situação é: era só o que faltava. A coluna deseja melhoras a Saulo e que a recuperação seja rápida.

Superstição

O torcedor é passional. Ouvi de um essa semana: “na Série B o Metropolitano empatou na estreia e perdeu um dos principais jogadores por lesão pelo campeonato todo. No jogo seguinte em casa, foi derrotado. No fim, conquistou o título. Na Copa SC, empatamos com o Joinville e o William Paulista se machucou. No segundo jogo perdemos para o Hercílio. Ou seja, o título é realidade”.

Cada com suas crenças. Mas menos. Bem menos (risos).

A elite da vela

Itajaí vai receber no dia 6 de outubro, uma das maiores competições de vela oceânica do Sul do Brasil. Com um percurso de 35 milhas náuticas – 65 quilômetros – cerca de 30 equipes sairão de Jurerê Internacional, em Florianópolis, com chegada às águas itajaienses.

A competição faz parte do cronograma de eventos da Marejada e ocorre pela primeira vez – sendo impulsionada, é claro, pelo fenômeno recente da Volvo Ocean Race, que novamente passou pela cidade. O bacana é que haverá espaços específicos para que o público possa acompanhar a prova e matar um pouquinho a saudade da Fórmula 1 dos mares.

Não é impossível

O Blumenau Futsal vai encarar a Copagril-PR nas oitavas de final da Liga Nacional. Não é impossível passar de fase. Assim como os blumenauenses, a equipe paranaense teve uma primeira fase bem instável, mas se mostrou forte em casa. A saída é fazer valer o confronto no ginásio do Sesi, diante do torcedor, para que o time de Xande avance às quartas. As datas de ambos os duelos do mata-mata ainda serão definidas pela Liga.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação