nsc

publicidade

Cacau

Na Justiça

Mulher percebe que carro tem menos potência do que promete e vence ação em Brusque

Compartilhe

Por Cacau Menezes
13/06/2019 - 05h00

Houve tempo em que se desdenhava da capacidade das mulheres dirigir automóveis. Os mais agressivos, jocosamente, diziam que elas só deviam pilotar os fogões na cozinha. Ledo engano. Uma mulher em Brusque, por exemplo, comprou um carro atraída pela propaganda que anunciava 140 cavalos de potência. Ao volante do bólido, entretanto, não sentiu a firmeza prometida. Pois não é que a consumidora ingressou na justiça atrás do prejuízo, comprovou através de perícia que o veículo só entregava 128 dos 140 cavalos prometidos e ganhou abatimento no valor final da bolacha de R$ 9,2 mil pelos 12 cavalinhos faltantes. É mole !?!

Deixe seu comentário:

publicidade