nsc

publicidade

Dagmara

Acidente

Lancha bate em pedra em Balneário Camboriú; quatro passageiros são resgatados

Compartilhe

Por Dagmara Spautz
18/08/2019 - 14h25 - Atualizada em: 18/08/2019 - 16h01

A Delegacia da Capitania dos Portos de Itajaí instaurou inquérito para investigar as circunstâncias da colisão de uma lancha contra uma laje de pedras na noite de sábado, entre a Praia de Laranjeiras e a Praia de Taquarinhas, em Balneário Camboriú. Quatro passageiros que estavam a bordo - um casal e duas crianças - foram resgatados por um barco particular e, segundo informações do Corpo de Bombeiros, passam bem.

A embarcação que se envolveu no acidente tem 38 pés, e o acidente mobilizou equipes da Marinha e do Corpo de Bombeiros. Segundo nota divulgada pela Capitania dos Portos de Itajaí, neste domingo, os responsáveis pela lancha foram notificados para prestarem esclarecimentos.

Sinalizado

O local onde a lancha colidiu está sinalizado, para os condutores, com alerta no sistema de GPS. Mas os usuários de embarcações reclamam que falta sinalização física no local, considerado perigoso.

O comunicado inicial da Marinha afirmou que é "dever de todos que usufruem dos rios e costa marítima a observância das regras de segurança e da prudência na condução das diferentes atividades náuticas".

Questionada pela coluna sobre a sinalização, a Capitania dos Portos de Itajaí reiterou que a região possui carta náutica, em que constam os perigos à navegação. "Desta forma, é leviano fazer qualquer afirmação sobre a necessidade ou não de sinalização náutica adicional no local".

A nota informa que eventuais ações que se façam necessárias serão apontadas no procedimento que foi instaurado. Mas ressalta que as normas da Marinha definem como responsabilidade do navegante "agir com prudência e observar as regras de marinharia, atentando para a estação do ano, os boletins meteorológicos e a zona de navegação, sendo de inteira responsabilidade do proprietário e/ou comandante a utilização da embarcação em condições adversas de mar ou tempo".

Segundo

Este é o segundo acidente deste tipo que ocorre em Balneário Camboriú em 2019. Em fevereiro, os bombeiros precisaram improvisar um resgate com tirolesa para retirar os passageiros de uma lancha que bateu contra a mesma laje de pedras.

Deixe seu comentário:

Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

dagmara.spautz@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade