nsc
nsc

Fiel

Morre cão que levou tiro ao tentar salvar vítima de homicídio em Camboriú

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
03/09/2018 - 16h56 - Atualizada em: 03/09/2018 - 17h19

O cão que levou um tiro ao tentar salvar uma vítima de homicídio, em Camboriú, não resistiu e morreu nesta segunda-feira. O labrador foi socorrido no sábado à noite pela Polícia Militar e levado, na viatura do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT), a uma clínica veterinária.

O tiro atingiu o cão acima dos olhos. Ele passou por uma cirurgia e recebeu uma sonda, para drenar um coágulo no cérebro. Mas o estado era bastante grave.

Embora o cão não tenha sobrevivido, a ONG Viva Bicho, que acompanhou o caso junto com a PM, ainda precisa de recursos para ajudar a pagar a conta na clínica veterinária. O contato é no telefone (47) 3262-1020.

O crime

O crime ocorreu na Rua Azaleia, esquina com a Rua Monte Fuji. O labrador, que pertencia ao enteado da vítima, teria investido contra o atirador para tentar salvá-lo, segundo a polícia.

O principal suspeito do crime é um homem que fez ameaças a ele horas antes, mas ainda não foi localizado. Para a PM, a principal hipótese é de que a motivação do assassinato tenha sido a cobrança de uma dívida.

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas