A liberação de um trecho contínuo de duplicação e a passagem das primeiras vigas do viaduto sobre a BR-101, em Navegantes, estão entre as novas projeções do governo federal para os próximos meses na BR-470. O superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNTI), Alysson Andrade, falou sobre a situação do canteiro de obras nesta quarta-feira (3), na Assembleia Legislativa. Não apresentou um novo cronograma, como nos primeiros 100 dias de governo, mas indicou onde as coisas devem evoluir até o fim do ano.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp

Andrade disse que, até agosto, três pontos onde há desvios no Lote 1 serão finalmente liberados para o trânsito em pistas duplas. São locais onde o solo ainda não estabilizou, nos Kms 15, 16 e 18. Quando estiverem liberados, será possível trafegar em pista dupla desde a BR-101 até o fim do Lote 1, no Km 18.

Para o fim deste mês está programada a passagem das primeiras vigas do viaduto sobre a BR-101. É a operação mais delicada de toda a duplicação, porque vai exigir interrupções na rodovia controlada pela Arteris. Segundo o superintendente do DNIT, a passagem superior duplicada estará liberada até o fim de 2023.

Continua depois da publicidade

Apesar do otimismo, os lotes 1 e 2 não ficarão 100% prontos neste ano. Há três viadutos já programados para entrega somente em 2024: o acesso principal a Gaspar, no Km 35, e o acesso a Gaspar e Blumenau pela Rua Silvano Cândido da Silva, no Km 39. Andrade os projetou para o primeiro semestre de 2024. O viaduto mais problemático, no Km 4, em Navegantes, só deve ser entregue no segundo semestre do próximo ano.

Lotes 3 e 4

Nos lotes 3 e 4, a novidade mais imediata são dois mutirões de desapropriação de imóveis programados para junho e agosto. Alysson Andrade disse que a meta no Lote 3 é entregar neste ano “pelo menos” o trecho entre os Kms 45 e 47, no limite entre Gaspar e Blumenau — viaduto da Fortaleza. Ele também previu avanços no viaduto do Km 47, perto da empresa Segala’s, e no acesso ao Complexo do Badenfurt. Mas não arriscou data de entrega.

Na reunião, a Assembleia lançou a Frente Parlamentar pela Recuperação, Manutenção e Duplicação da BR-470, grupo formado para monitorar o andamento das obras.

Continua depois da publicidade

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto do Whatsapp

Leia também

Justiça dá prazo para Oktoberfest Blumenau contestar cobrança de ex-rainha

Antigo órgão volta a ressoar em igreja histórica de Blumenau

Por que Blumenau foi escolhida para encerrar caravana por faculdade gratuita em SC

Blumenau vai acabar com parcelamento de taxa para veículos apreendidos

Destaques do NSC Total