nsc
    nsc

    Futebol

    Avaí tem nova derrota em mais uma atuação muito ruim

    Compartilhe

    Faraco
    Por Faraco
    11/11/2019 - 22h52 - Atualizada em: 12/11/2019 - 14h58
    Botafogo 2 x 0 Avaí
    Avaí jogou mal no Engenhão e perdeu a oitava partida consecutiva (Foto: Vitor Silva, Botafogo, divulgação)

    O jogo no Rio de Janeiro foi muito ruim. Avaí e Botafogo não mostraram muito em termos de futebol. Foi um jogo apenas corrido e disputado. A bola sofreu. O Avaí começou com Betão improvisado na lateral direita, tentando se proteger no seu campo, em duas linhas de quatro e dois atacantes na frente. A proposta poderia até ter relativa eficiência, mas num projeto de jogar fechado. Só que aos 12 minutos o zagueiro Ricardo deu um presente para o Botafogo, num gol contra.

    O Avaí passou a ter a bola, com mais posse. O Botafogo passou a jogar no seu campo, esperando o Avaí. O Jogo ficou cheio de erros dos dois lados, do Avaí na construção e do Botafogo nas tentativas de contra-ataque. Betão passou a ser ala ofensivo, com Luanderson baixando pra fazer a saída de bola entre os zagueiros, o que era uma combinação incompreensível. Era mais correto então sair com três zagueiros e abrir João Paulo na direita.

    O segundo tempo voltou com a saída de Ricardo, substituído, Betão na zaga e Pedro Castro na lateral direita, outra improvisação. Mesmo que Evando não tenha tido um lateral de ofício e tenha sido obrigado a recorrer a improvisações, ele escolheu as mais equivocadas. Então que usasse o garoto Wesley na direita.

    O segundo tempo passou e o Avaí não criou nada além de um lance no início, no primeiro minuto, com Caio Paulista. O jogo seguiu ruim dos dois lados. Até que o árbitro deu um pênalti inexistente para o Botafogo, já aos 43 minutos. Diego Souza bateu e fez para definir o jogo.

    Foi mais uma derrota de um time que, na verdade, nunca veio para a Série A. Aquele Avaí da Série B, inclusive, era mais forte que este Avaí que disputou a elite este ano e está sendo rebaixado categoricamente.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas