A superioridade foi enorme. O Criciúma superou o Marcílio em qualidade, entrosamento e até fisicamente. A facilidade também foi enorme. A decisão da Recopa Catarinense foi protocolar. O Criciúma fez o resultado no primeiro tempo e administrou a vitória na segunda etapa. Sem desmerecer o Marcílio Dias, campeão da Copa Santa Catarina, que fez o que poderia fazer, mas que era pouco para realmente competir e lutar pela taça no Heriberto Hulse.

Continua depois da publicidade

Criciúma é campeão da Recopa Catarinense após vencer o Marcílio Dias em noite iluminada de Eder

A realidade é que o Criciúma está ainda a procura de um rival no estágio atual do futebol catarinense. E isso se explica também pelas remontagens de Avaí e Chapecoense, pelas mexidas que o Brusque vai apresentar. Pelas fragilidades de Figueirense e Joinville. 

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

Clique aqui para entrar na comunidade do NSC Total Esporte no WhatsApp

Continua depois da publicidade

Qual time, afinal, vai se apresentar como grande rival do Tigre na temporada estadual? Ainda é uma grande incógnita.

Quem são os craques do futebol com imóveis em Santa Catarina

Enquanto isso, o time de Claudio Tencati levantou mais uma taça. E ainda se deu o direito de rodar ou testar as novas contratações, em ritmo de treino, no segundo tempo do jogo da noite desta terça-feira. Fruto de bom trabalho, sequência, planejamento e execução. Muito merecido.

Destaques do NSC Total