Um ponto na tabela num campeonato de 38 rodadas pode parecer quase insignificante. Mas o Criciúma foi bravo, soube competir, e volta para casa depois do jogo de Minas Gerais com um ponto precioso na bagagem. O empate com o Atlético-MG tem muito significados.

Continua depois da publicidade

Entre na comunidade do WhatsApp de Colunistas do NSC Total

Às vésperas da Série C, Figueirense não se movimenta contra o Transfer Ban; Confira o conteúdo da punição

A disputa foi como se esperava, com o Atlético pressionando muito, sendo o dono da bola e o time de Claudio Tencati mais na marcação. Os números mostram isso. O Galo teve 68% de posse de bola e finalizou 22 vezes contra apenas cinco do Tigre. Mas o placar foi empate em 1 x 1 porque o Criciúma soube competir e sobreviver dentro da partida.

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

Continua depois da publicidade

Clique aqui para entrar na comunidade do NSC Total Esporte no WhatsApp

O empate dá confiança à equipe e mostra caminhos para a sequência do campeonato. Nestes jogos contra os favoritos, como o Atlético-MG, vai valer muito a luta e a disposição, vai valer a entrega física e tática, a estratégia. Tencati demorou a mexer, mas as mexidas foram boas, acrescentando velocidade ao time para os contra-ataques.

Brasileirão 2024: vai sobrar árbitros?

Em Minas, o Tigre foi valente, sobreviveu dentro da disputa. O Criciúma soube competir. E para o Criciúma, a maioria dos jogos vai ter que ser neste espírito, com muita luta. O ponto contra o Juventude foi pouco. O ponto contra o Atlético-MG é gigante.

Veja fotos do jogo entre Atlético-MG x Criciúma pela Série A:

Destaques do NSC Total