nsc
nsc

Ficou devendo

Figueirense mostrou pouco no Scarpelli

Compartilhe

Faraco
Por Faraco
23/01/2020 - 23h31
Figueirense estreou no Catarinenses 2020 com muitas mudanças e estreias (Foto: Patrick Floriani/FFC)
Figueirense estreou no Catarinenses 2020 com muitas mudanças e estreias (Foto: Patrick Floriani/FFC)

Não foi uma boa atuação do Figueirense na estreia da equipe no Campeonato Catarinense. O time foi dominado, de certa forma, pelo Juventus no primeiro tempo. E no segundo tempo, com mais iniciativa, pouco mostrou.

O time de Jaraguá do Sul, do técnico Jorginho, estava nitidamente mais rodado e acertado. E sabia quais caminhos iria utilizar e como ia incomodar a defesa alvinegra. Chegava bem pelo lado direito, com bom trabalho de Régis, e do outro lado Fabinho aparecia para finalizar. Foram os dois destaques da partida.

Sempre ressaltando e entendendo as dificuldades de preparação, de inscrição de jogadores, e o fato de ser o primeiro jogo da temporada, mas é preciso analisar as dificuldades que a equipe de Márcio Coelho mostrou em campo.

O meio não funcionou. Não tinha articulação, com Paulo Roberto, que não conseguiu trabalhar, e Patrick esteve perdido em termos de posicionamento.

O ataque também tinha muitas dificuldades. A bola não chegava e quando chegada não parava. Ninguém fazia o trabalho de segurar para deixar o time se aproximar. Batia e voltava o tempo inteiro. O melhor lance do Figueirense foi no primeiro minuto. Nicolas enfiou pra Patrick, que mandou no travessão. E foi só.

Arouca, enquanto ficou em campo, mostrou bom futebol. Inclusive, tentando comandar o time na saída de bola. O goleiro Sidão também mostrou muita segurança. Deu tranquilidade à defesa. Mas outros jogadores não deixaram boa impressão. Diego Gonçalves e Paulo Ricardo foram bem abaixo do que se esperava.

O jogo mostrou um Juventus mais acertado e um Figueirense que vai ter muito que trabalhar, contratar e melhorar.

Deixe seu comentário:

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Últimas do colunista

Loading interface...
Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Mais colunistas

    Mais colunistas