Nas últimas quatro partidas disputadas, doze pontos em jogo, e o Botafogo, líder isolado do Brasileirão, teve três derrotas e um empate. O time de Bruno Lage somou apenas um pontinho e o português saiu de campo chamado de “burro” nesta segunda-feira logo após o empate em casa com o Goiás, que briga para não cair.

Continua depois da publicidade

3 de outubro: veja agenda de jogos desta terça-feira

O Botafogo realmente já não é mais o mesmo. O Botafogo que chegou à liderança atropelaria o Goiás no Engenhão, como atropelou o Bahia por 3 x 0 recentemente. O time parece ter perdido a confiança e o encanto. 

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

E pra piorar, Bruno Lage não se ajuda. Não há argumentos que justifiquem Tiquinho Soares, até aqui o craque do campeonato, no banco de reservas para Diego Costa. Lage ficou repetindo “campeão brasileiro, campeão da Premier League” durante a coletiva, como se isso fosse justiçar o erro.

Continua depois da publicidade

A real mobilização do Criciúma precisa ser interna; torcedor sempre esteve mobilizado

A maior sorte do Botafogo é que nenhum time se candidata a ser o grande rival. Agora parece ser o Bragantino, que chegou à vice-liderança. Mas o posto de segundo lugar tem um revezamento entre Palmeiras, Grêmio e Flamengo, que nunca chegaram realmente a ameaçar o Botafogo.

O que se sabe sobre a possível transferência de Luka Modric para o Inter Miami

O campeonato segue aberto. Ainda está mais para o Botafogo, que tem boa vantagem, com sete pontos para o segundo colocado. Só que no returno o Fogão está mais pra Foguinho, com a 16° colocação e se ficar mais quatro rodadas não ganhando de ninguém vai realmente se complicar.  

Destaques do NSC Total