nsc

publicidade

Faraco

Acreditar

Ordem do capitão Betão no Avaí: "Nada de jogar a toalha"

Compartilhe

Por Faraco
12/09/2019 - 07h10 - Atualizada em: 12/09/2019 - 11h16
Betão está no clube desde 2016. Foto: Tiago Ghizoni/DC
Betão está no clube desde 2016. Foto: Tiago Ghizoni/DC

Uma coisa é avaliar que as chances são poucas, que o time não vem conseguindo reagir, que ainda mostra fragilidades. Outra coisa é desistir, jogar a toalha. O capitão Betão deu uma declaração forte e correta: “Quem jogar a toalha estará fora do grupo”. Esse tem que ser o espírito do time. Lutar o máximo. É mesmo muito complicado. As contas estão no limite e o futebol do Avaí ainda não dá segurança. Mas quem é profissional e que entra em campo para uma disputa, tem que competir sempre.

Tem que ser o combustível para as partidas que ainda vão vir. A análise fria indica um Avaí rebaixado no fim pelo que fez até agora e pelos jogos que tem pela frente, com as dificuldades naturais do campeonato. Mas quem entra em campo tem que brigar até que a última possibilidade ainda exista. A mentalidade do capitão tem que ser a mentalidade da equipe no jogo a jogo. Mais até do que isso, tem que ser a mentalidade dentro do clube e até da torcida.

Comentário CBN

A situação do Avaí é muito mais do que complicada, faltam 20 jogos para o Leão na Série A do Campeonato Brasileiro, são apenas 10 pontos somados. É preciso fazer 10 vitórias para que o Avaí tenha chances de permanência na elite do ano que vem. É muito difícil!

Deixe seu comentário:

publicidade