nsc
    nsc

    Saúde

    Coronavírus: Furb tenta liberar alunos de cursos de saúde para atuar contra a pandemia

    Compartilhe

    Pedro
    Por Pedro Machado
    20/03/2020 - 16h05 - Atualizada em: 20/03/2020 - 16h24
    Furb
    Foto: Patrick Rodrigues, BD

    A Furb articula junto ao Conselho Estadual de Educação a autorização para que formandos dos cursos de medicina, enfermagem, farmácia e fisioterapia possam atuar em unidades básicas de saúde, de pronto-atendimento e na rede hospitalar enquanto durar a situação de emergência provocada pelo Covid-19, o novo coronavírus. O trabalho contaria como estágio curricular obrigatório.

    Em site especial, saiba tudo sobre coronavírus​

    A possibilidade foi aberta a partir de uma portaria publicada nesta sexta-feira (20) pelo Ministério da Educação que autoriza estudantes dos dois últimos anos de medicina e do último ano de enfermagem, farmácia e fisioterapia a atuarem, sob supervisão, em locais determinados pelo Ministério da Saúde. A colaboração dos alunos “é de caráter relevante e deverá ser considerada na pontuação para ingresso nos cursos de residência”, segundo o documento.

    A portaria vale para instituições do sistema federal de ensino. Por responder ao Conselho Estadual de Saúde, a Furb busca autorização para replicar o modelo. As tratativas estão sendo conduzidas pelo vice-reitor João Gurgel, que também é professor do mestrado em Saúde Coletiva da universidade.

    Pelo interesse social envolvido, Gurgel acredita que não haverá empecilhos. Mas a Furb ainda depende desse aval para montar qualquer tipo de cronograma – quantos alunos trabalhariam e exatamente em quais funções, por exemplo. A reitora Márcia Sardá Espíndola diz que há vários estudantes querendo colaborar e ansiosos para estar na linha de frente no combate à pandemia.

    A Furb já colocou à disposição as suas estruturas do hospital universitário, no bairro Fortaleza Alta, e de atendimento móvel. Laboratórios da universidade também estão estudando a produção de álcool gel.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas