nsc
    nsc

    Futebol

    Avaí faz melhor jogo do ano, vence o Cascavel e avança na Copa do Brasil

    Compartilhe

    Roberto
    Por Roberto Alves
    15/04/2021 - 20h02 - Atualizada em: 15/04/2021 - 20h09
    Avaí
    Júnior Dutra marcou o primeiro gol do Avaí contra o Cascavel (Foto: Frederico Tadeu/Avaí)

    Um time trabalhando bem a bola, criando oportunidades e desta vez marcando: foi assim que o Avaí venceu o Cascavel pela Copa do Brasil: 2 a 0. Foi a melhor partida azurra neste ano. 

    O primeiro tempo foi muito bem jogado com destaque para o meio de campo Bruno Silva, que mandou no setor e Vinícius Leite no ataque. O Avaí sobrou e ignorou o adversário, e foi premiado com o gol de Júnior Dutra, para dar tranquilidade no segundo tempo. 

    > Receba notícias de Florianópolis e região no seu WhatsApp

    Dificil foi entender o começo do segundo tempo, quando o Avaí recuou, chamou o Cascavel e abdicou de jogar por uns 10 minutos. Mas, a noite era azurra. 

    A partir de algumas alterações feitas pelo técnico Claudinei Oliveira, o time voltou a assumir o controle da partida e veio o segundo gol, de Giovani, pagando a dívida que tinha pela perda clara de uma chance ainda na etapa inicial. 

    Valdívia entrou muito bem, assumiu o comando do jogo, chamou a responsabilidade e nasceu então o terceiro gol do Avaí, que erradamente o árbitro anulou por indicação do assistente. Renato, ao receber o lance, tinha total condição tanto quanto Gabriel, que acompanhou o cruzamento e marcou. O trio vai ficar envergonhado ao ver o lance na televisão.

    > Empresa italiana que faz camisas da Udinese será a nova fornecedora do Figueirense

    Vitória com autoridade do Avaí

    O Avaí venceu o jogo com autoridade, superioridade e alguns destaques que voltaram ao bom futebol. Time catarinense avança na Copa do Brasil, ganha em entrosamento e movimentação de alguns jogadores, e coloca um dinheiro a mais em seu cofre.

    É preciso registrar que a vitória não mascara alguns problemas existentes na equipe e que, aos poucos, o técnico precisa ir corrigindo tanto quanto as suas escolhas na escalação do time. 

    O bom futebol de Bruno Silva, a volta de Valdívia, a movimentação de Júnior Dutra, Edilson bem, Giovani crescendo e Gabriel, que ganhou nova chance: o Avaí desta vez errou menos e aproveitou as chances que surgiram. A vitória foi de bom tamanho.

    Ao Cascavel restou reconhecer a superioridade catarinense e pensar no estadual do Paraná.

    Mais colunistas

      Mais colunistas