nsc
nsc

Deu Ponte na Ilha

Avaí sofre sua quinta derrota no Campeonato Brasileiro

Compartilhe

Roberto
Por Roberto Alves
11/09/2020 - 21h44 - Atualizada em: 11/09/2020 - 21h46
Avaó 0 x 1 Ponte Preta
Sólida, a Ponte venceu um Avaí em construção (Foto: Roberto Zacarias/Mafalda Press/Folhapress)

Depois de fazer um bom primeiro tempo, o Avaí não repetiu no segundo. A Ponte Preta mostrou um time bem organizado e de boa qualidade. Está bem na tabela de classificação e mostrou ser candidato ao acesso.

João Paulo, ex-Avaí, da vitória à Ponte na Ressacada

E o Avaí?

Além de ter enfrentado um bom time, o Avaí novamente voltou a cometer erros no jogo,especialmente no segundo tempo. Um equívoco do meia Pedro Castro dentro da área causou o pênalti que deu a vitória à Ponte Preta por 1 a 0.

Individualmente

Ficou claro nesta derrota azurra que o Capa ainda é o melhor lateral-esquerdo do grupo. Arnaldo é cheio de altos e baixos, bem num tempo e mal no outro. O que ficou muito claro foi a má fase do Valdivia e o pouco futebol que o Ralf vem apresentando.

Outra constatação: a falta de um centroavante de referencia. O Avaí não tem. Coloca isso tudo num balaio e chega-se à conclusão de que vai ter de ir ao mercado.

Novidades

Adryan e Rildo entraram. Estão, claro fora de ritmo e acrescentaram muito pouco. Não menos que Ralf e Valdívia. Chegamos à nona rodada e mais uma derrota. Desta vez para um bom time. O que fica de conclusão momentânea é que o Avaí precisa de reforços e certamente os medalhões estão perdendo suas posições. O tecnico Geninho ainda não achou o time.

O volante Jean Martin, garoto da base, continua sendo o jogador mais regular do time.

O torcedor está perdendo a paciência e as criticas aumentaram com o baixo futebol e a derrota diante da Ponte Preta.

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

Mais colunistas

    Mais colunistas