nsc
    nsc

    Esporte

    Betinho joga contra o Coritiba

    Compartilhe

    Roberto
    Por Roberto Alves
    07/11/2019 - 15h42 - Atualizada em: 08/11/2019 - 09h11
    Atualizações sobre o jogo do figueirense.
    Betinho está pronto para jogar. Foto: Patrick Floriani / FFC

    O meia Betinho está autorizado pelo departamento médico do Figueirense a enfrentar o Coritiba, nesta sexta-feira, no Scarpelli.

    O jogador apresentou um quadro cardiológico preocupante que o afastou dos últimos jogos. Todos os exames realizados tranquilizaram não só o jogador como também familiares e dirigentes. Por isso ele já treinou e mostrou estar em condições de jogar contra o coxa.

    Casa cheia

    A diretoria do Figueirense está otimista quanto a presença do torcedor no jogo desta sexta-feira. A necessidade de vitoria impõe a presença da fiel nação alvinegra. Muito mais do que os 5.500 que compareceram ao jogo com o Vila Nova, a importância do jogo e a qualificação do adversário valem um publico perto de 10 mil torcedores.

    Punição exemplar

    situação do figueirense.
    Claudio Honigman, ex presidente do Figueirense.
    (Foto: )

    O STJD puniu o ex-gestor do Figueirense por ter emitido um documento ameaçando tirar o time do campeonato brasileiro quando já não era mais o gestor do futebol do clube. O comunicado foi considerado falso pelo tribunal.

    Uma suspensão exemplar de 360 dias tira Claudio Honigman das atividades do futebol; além de uma multa de 20 mil reais.

    Que sirva de exemplo para outros dirigentes.

    Punição mantida

    O Tribunal de Justiça Desportiva de SC (TJD/SC) julgou nesta quinta-feira (7), em Timbó, os recursos  do futebol feminino dos Jogos Abertos. Como havíamos publicado, a modalidade foi eliminada por irregularidades das atletas nos municípios inscritos.

    O Tribunal manteve a decisão da comissão disciplinar, em processo da relatoria da Dra. Paula Cassetari aplicando o regulamento da competição.

    Portanto, Caçador, São José, Criciúma e Chapecó foram excluídos da competição em razão de suas atletas não catarinenses que estão há menos de dois anos residindo no Estado. O Presidente do tribunal, Vinicius Bion, disse à coluna que a decisão foi em cima do regulamento, que foi rigorosamente aplicado.

    Opinião

    Para o Superintendente da Fundação Municipal de Esportes de Florianópolis, que tinha o time Avai/Kindermann de Caçador a representá-lo, acha que a punição deveria ser para os que infringiram o regulamento e não todos os inscritos. Acha que os municípios não estudaram o regulamento e todos foram prejudicados.

    ​Acesse as últimas notícias do NSC Total​

    Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.​

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas