nsc
nsc

publicidade

Esportes aquáticos

Brasileiro de pararremo

Compartilhe

Roberto
Por Roberto Alves
05/12/2019 - 11h51
Pararremo
A guarnição da classe PR3 — para atletas que usam braços, troncos e pernas. (Foto: Aldo Luz/Divulgação)

No último final de semana o Rio de Janeiro sediou o campeonato brasileiro de Pararremo.

O Clube de Regatas Aldo Luz, de Florianópolis, conquistou o terceiro lugar geral da regata com três segundos lugares e um terceiro.

Participaram da competição atletas de mais 13 cubes de 8 estados do país. O Aldo Luz atuou com guarnições puras, ou seja, somente atletas do clube.

Como convidados também participam as seleções do México, Argentina, Uruguai e Paraguai.

Tricampeã

Ana Madruga
(Foto: )

E o clube náutico Francisco Martinelli também continua dando as cartas e jogando de mão. Ana Madruga, tricampeã brasileira de pararremo, competiu no double misto com o atleta Keysi Bonini, do Clube Remo Adaptar de Vitória, vencendo a prova.

O remo de Santa Catarina continua resgatando a própria historia.

Leia as últimas notícias esportivas no portal NSC Total

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

Últimas do colunista

Loading interface...
Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

publicidade

publicidade

Mais colunistas

    publicidade

    publicidade

    Mais colunistas