nsc
    nsc

    Prevenção

    Cidade tem ação judicial para manter barreiras; se acesso não for restrito, pedido é de construção de hospital

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    23/03/2020 - 10h14 - Atualizada em: 23/03/2020 - 10h15
    Itapoá tem ação judicial para restringir acesso à cidade (foto: Salmo Duarte, AN)
    Itapoá tem ação judicial para restringir acesso à cidade (foto: Salmo Duarte, AN)

    Com ação judicial para manter barreiras de restrição ao acesso ao município, Itapoá quer a instalação pelo governo do Estado de hospital de campanha com pelo menos 200 leitos, caso não seja possível restringir a entrada de pessoas de outras cidades. Mas o objetivo principal do processo na Justiça é manter as barreiras. A instalação hospitalar seria uma preparação para eventual necessidade - até agora, a cidade do Litoral não registrou nenhum caso de coronavírus. Itapoá tem divulgado nas redes sociais mensagens para desestimular a vinda de turistas para a cidade neste momento, como forma de prevenção.

    ​Em site especial, saiba tudo sobre coronavírus

    Itapoá quer a manutenção das barreiras para evitar que a cidade sofra “invasão” de turistas. A alegação da Prefeitura é de que não há estrutura para atendimento na cidade neste momento já de baixa temporada, após o veraneio. O pedido de liminar foi apresentado inicialmente em primeira instância e, em regime de plantão, foi decidido que avaliação cabe ao Tribunal de Justiça, em segunda instância, por se trata de validade de normal legal – no caso, o decreto municipal das barreiras. Não há decisão, por enquanto.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas