publicidade

Navegue por
Upiara

Análise política

Parlamento dá o tom

Compartilhe

Por Upiara Boschi
11/03/2019 - 17h28 - Atualizada em: 11/03/2019 - 17h28
(Foto: Luca Gebara / Agência AL)

Acostume-se a este roteiro, leitor: um problema nasce de uma questão técnica no governo, entidades e atores atingidos questionam, o impasse toma o parlamento, deputados estaduais apresentam a solução negociada sob a liderança do presidente da Assembleia Legislativa, Júlio Garcia (PSD).

Essa lógica resume a questão dos decretos assinados no final da gestão Eduardo Pinho Moreira (MDB) retirando incentivos fiscais de diversos produtos, inclusive da cesta básica, e que tornou-se impasse diante da posição dúbia do governo Carlos Moisés da Silva (PSL) sobre o tema. Enquanto o governador apontava empecilhos legais para a revogação, o secretário Paulo Eli, da Fazenda, fazia a defesa do conteúdo dos decretos - assinados justamente por ele, também comandante da pasta no período emedebista.

Leia também: Decretos de Pinho Moreira provocam insegurança em Santa Catarina

Júlio Garcia mal esperou o Carnaval acabar para reunir líderes partidários e concertar um acordo que acalmou o setor produtivo - assustado com os aumentos de alíquotas de ICMS e a disposição de Paulo Eli de rever a política fiscal em vigor no Estado desde 2003. Ao fim, o pessedista fez pose de poder moderador e mostrou que é a política - nem nova e nem velha, somente política - que resolve impasses. No dia seguinte, Carlos Moisés encaminhou um projeto de lei sobre o tema para ser analisado em regime de urgência. Teve que recorrer ao famigerado papel, inimigo número um deste começo de gestão, a pedido da Alesc. Até nisso o parlamento deu o tom.

Deixe seu comentário:

Upiara Boschi

Upiara Boschi

Upiara Boschi

Faz a leitura e a análise do contexto do cenário político de Santa Catarina, com informações de bastidores. Explica motivações e consequências das principais decisões tomadas nos poderes do Estado.

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação