O tarot é uma prática esotérica que usa um baralho formado por 78 cartas para fornecer orientação espiritual, reflexão e promover o autoconhecimento. Cada uma delas possuem símbolos e significados específicos que podem ser lidos de diversas maneiras.

Continua depois da publicidade

“As cartas mostram a situação presente num contexto muito amplo, para que se possa refletir, analisar com critérios e tentar mudar o seu futuro, moldando o seu presente”, explica Lâmia Thalassa, especialista do Astrocentro, comunidade online de esoterismo. 

Por ser um dos oráculos mais populares e consultados em todo o mundo, o tarot suscita muitas dúvidas e, consequentemente, vários mitos. Veja abaixo alguns dos principais!

1. O tarot prevê o futuro 

O tarot é uma ferramenta de orientação e reflexão, ele pode ajudar a identificar tendências e possibilidades, mas não oferece respostas absolutas. “É importante ressaltar que o tarot não prevê com segurança o tempo exato que uma previsão se cumprirá, já que isso depende das decisões que o consulente optar por seguir e do tempo que ele precisará para fazer suas escolhas”, esclarece Denise Médium, consultora esotérica do Astrocentro. 

Continua depois da publicidade

2. O tarot é uma religião

Consultar o tarot é uma prática espiritual e esotérica, mas não constitui uma religião. Embora possa complementar rituais para algumas pessoas, não exige crenças específicas para ser utilizado.

3. As cartas têm um significado fixo

As cartas têm significados tradicionais, mas sua interpretação depende do contexto da leitura e da intuição do leitor. As mesmas cartas podem ter interpretações diferentes em situações distintas. “Cada profissional utiliza um ou mais métodos de leitura, adequados para cada situação e para obter respostas a curto ou longo prazo”, explica Denise Médium. 

A carta da morte fala sobre o encerramento de ciclos (Imagem: volkovslava | Shutterstock)

4. Algumas cartas significam má sorte

Cartas como a morte ou o diabo são frequentemente vistas como sinais de má sorte. Todavia, também podem ser interpretadas de maneiras positivas. “A carta da morte, na verdade, fala sobre a necessidade de frieza para encerrar um ciclo e começar coisas novas. Afinal, vivemos fases de vida e morte, ou seja, constantemente estamos terminando e começando coisas na vida. No polo positivo, a carta do diabo, que também é muito temida, pode falar sobre um desejo profundo, criatividade, ambição e sucesso”, explica a taróloga Isabel Fogaça. 

Continua depois da publicidade

5. O tarot só pode ser lido por profissionais

A experiência e conhecimento de um profissional podem fazer a diferença na leitura, e podem oferecer leituras mais profundas. Todavia, nada impede que qualquer pessoa aprenda a ler as cartas para autoconhecimento e reflexão. 

Destaques do NSC Total