nsc

Segundona

Figueirense fica no empate com o CSA e volta ao Z-4 da Série B

Com o resultado, Furacão fica no Z-4; próximo compromisso é o duelo catarinense contra a Chape

08/01/2021 - 19h00 - Atualizada em: 09/01/2021 - 07h44

Compartilhe

Mateus
Por Mateus Boaventura
Leandro
Por Leandro Lessa
Figueirense 0x0 CSA Serie B 2020
Figueirense empata com o CSA no Scarpelli, pela Série B
(Foto: )

Ainda não foi desta vez que o Figueirense conquistou sua primeira vitória no ano do centenário. O Alvinegro ficou no 0 a 0 com o CSA, no Orlando Scarpelli, pela 33ª rodada da Série B. Com o resultado desta sexta-feira (8), o clube catarinense fica em 17º lugar, com 36 pontos, na zona de rebaixamento a cinco rodadas do fim da competição. Já a equipe alagoana, ao chegar aos 52 pontos, volta ao G-4. 

> Rodrigo Faraco: Empate do Figueirense com o CSA é pouco na conta geral, mas pode se considerar ponto somado

O Figueira teve o analista de desempenho Lucas Matheus na beira do campo, já que o técnico Jorginho ainda está afastado por causa da Covid-19. O time entrou em campo no Z-4, após a vitória do Náutico sobre o Paraná, nos Aflitos, por 2 a 1, também nesta sexta. O próximo adversário do Alvinegro também não é fácil: a Chapecoense, que está perto do acesso, na terça-feira (12), às 21h30, na Arena Condá. 

O jogo

O primeiro tempo foi bem movimentado. O CSA teve duas oportunidades seguidas, aos 12 e 13min, que colocaram o goleiro Rodolfo Castro para trabalhar. Aos 23min, foi a vez do Figueirense, com Diego Gonçalves em cobrança de falta, que resultou em defesa do goleiro da equipe de Maceió. Aos 38min, Matheus Neris teve ótima chance após escanteio, mas cabeçeou para fora.

> Figueirense promove descontos para sócios que anteciparem mensalidades

Na segunda etapa, aos 10min, o time alagoano assustou com um toque de cabeça de Cleberson, que passou perto do travessão. Já aos 29min, o Figueirense teve uma boa oportunidade em um chute de Diego Gonçalves pela esquerda, que Matheus Mendes espalmou. Oito minutos depois, Cedric, do CSA, também arriscou de fora da área, com o desvio e a bola passou perto da trave.   

- Foi um jogo de bastantes duelos, bem tático - declarou Lucas Matheus. 

Ficha técnica: 

Figueirense: Rodolfo Castro; Thiaguinho, Guilherme Thiago, Vitor Mendes (Brunetti) e Renan Luís; Arouca, Matheus Neris (Alemão), Guilherme (Davi Kuhn) e Bruno Michel (Erisson); Lucas Barcelos (Geovane Itinga) e Diego Gonçalves

Técnico: Lucas Matheus 

CSA: Matheus Mendes; Norberto, Cleberson, Luciano Castán e Diego Renan; Cedric, Nadson (Yago), Gabriel (Rodrigo Andrade) e Rodrigo Pimpão; Paulo Sérgio (Pedro Lucas) e Rafael Bilu (Andrigo)

Técnico: Mozart 

Ouça a entrevista com Lucas Matheus, analista de desempenho do Figueirense: 

Colunistas