nsc

Futebol

Avaí e Chapecoense decidem o Catarinense pela quinta vez na história

Times disputam a terceira final em cinco anos no tira-teima de uma rivalidade crescente em Santa Catarina

20/05/2021 - 14h48 - Atualizada em: 20/05/2021 - 14h56

Compartilhe

Kadu
Por Kadu Reis
Foto da final do Campeonato Catarinense 2019, entre Avaí e Chapecoense, na Ressacada
No último encontro entre Avaí e Chapecoense, o título ficou com o Leão, em 2019
(Foto: )

A final do Campeonato Catarinense 2021 coloca, mais uma vez, Avaí e Chapecoense frente à frente na disputa do título estadual. Os clubes fazem a quinta decisão entre si na história, um tira-teima, já que cada lado ficou com dois troféus. É a terceira ocasião em apenas cinco anos que o Leão da Ilha e o Verdão do Oeste rivalizam pela conquista da principal competição esportiva de Santa Catarina.

> Ouça o Debate Diário: a final entre Chapecoense x Avaí

A Chapecoense passou pelo Marcílio Dias e se garantiu em sua sexta final consecutiva com um placar agregado de 5 a 2, goleada em Itajaí e empate no Oeste. A outra semifinal reuniu os representantes catarinenses na Série B 2021. O Brusque tinha a vantagem de poder empatar duas vezes, mas não conseguiu se segurar e viu o Avaí sair classificado do Estádio Augusto Bauer com gol de Edilson.

> Clique aqui e receba as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

A última final entre Chapecoense e Avaí aconteceu em 2019, recheada de polêmica, com decisão em jogo único na Ressacada. Após empate em 1 a 1, o Leão da Ilha faturou o título nas penalidades por 4 a 2. A Chape reclamou que a bola teria entrado na última cobrança, de Bruno Pacheco, depois de explodir no travessão. Em 2020 os times se encontraram precocemente e a Chape despachou o Leão nas quartas de final.

Imagem do polêmico pênalti cobrado por Bruno Pacheco, que não teve gol validado pelo VAR
Imagem do polêmico pênalti cobrado por Bruno Pacheco, que não teve gol validado pelo VAR
(Foto: )

A final anterior entre os clubes não ficou para trás em polêmica. A Chapecoense foi campeã em 2017 vencendo o jogo de ida, por 1 a 0, na Ressacada, e perdendo a partida de volta, pelo mesmo placar, na Arena Condá. O Avaí reclamou da expulsão do lateral-esquerdo Capa, aos 19 minutos do primeiro tempo, no encontro na Capital. Com melhor campanha nos dois turnos, o Verdão do Oeste celebrou seu sexto título na ocasião.

> Douglas, ex-Avaí, ironiza goleada sofrida diante do Grêmio em 2019

Voltando na linha do tempo do Catarinense, as equipes se encontraram em outras duas finais. A Chapecoense foi campeã do Estado pela primeira vez sobre o Avaí com o título da polêmica edição de 1977, com direito a garrafada em jogador azurra e árbitro carregado no colo pela torcida verde. O Leão da Ilha passeou contra o Verdão na decisão de 2009, levantando o título com uma goleada de 6 a 1 na Ressacada.

Marquinhos, ao lado do presidente João Nilson Zunino, levanta a taça de 2009
Marquinhos, ao lado do presidente João Nilson Zunino, levanta a taça de 2009
(Foto: )

O Avaí recebe a Chapecoense pelo jogo de ida da final do Campeonato Catarinense 2021 neste domingo (23), às 16h, na Ressacada. A partida de volta está programada para a próxima quarta-feira (26), em horário a ser definido, na Arena Condá. Com melhor campanha, a Chape levanta o título em caso de igualdade de pontos e saldo ao final dos dois confrontos.

Leia mais

> Avaí vence Brusque por 1x0 e garante vaga na decisão do Catarinense; ouça o gol

> Chapecoense elimina o Marcílio Dias e chega à sexta final consecutiva no Catarinense

> Rodrigo Faraco: Os destaques do Catarinense 2021

Colunistas