nsc
    hora_de_sc

    Campeonato Catarinense

    Avaí empata em Concórdia, assume a liderança e enfrenta a Chape nas quartas

    Finalistas de 2017 e 2019 se reencontram, mas agora no primeiro mata-mata

    15/03/2020 - 17h03 - Atualizada em: 15/03/2020 - 20h44

    Compartilhe

    Por Márcio Serafini
    Avaí empatou com o Concórdia e assumiu a liderança do estadual
    Avaí empatou com o Concórdia e assumiu a liderança do estadual
    (Foto: )

    O Avaí vai enfrentar a Chapecoense nas quartas de final do Campeonato Catarinense. O empate em 1 a 1 com o Concórdia, neste domingo (15), no Oeste, combinado com a derrota do Brusque para o Figueirense (1 a 0), colocou o time azurra na liderança da primeira fase.

    Já a Chapecoense garantiu o oitavo lugar ao vencer o Tubarão por 3 a 1, no Sul do Estado. O primeiro jogo das quartas de final será na Arena Condá, e o segundo, na Ressacada. Os jogos de ida estão previstas para o próximo final de semana, mas podem ser adiados em função da pandemia de coronavírus.

    Como foi o jogo

    Concórdia foi melhor, mas cedeu o empate
    Concórdia foi melhor, mas cedeu o empate
    (Foto: )

    Sob calor de 33ºC em Concórdia, o jogo demorou a engrenar. Com a necessidade de vencer para buscar a classificação e fugir do rebaixamento, os donos da casa tomaram a iniciativa, mas pouco ameaçaram o gol de Lucas Frigeri no primeiro tempo. O atacante Moisés dava trabalho ao lado direto da defesa azurra, mas faltava concluir.

    A primeira grande chance do jogo foi do Avaí, aos 27 minutos, em jogada que começou com Valdívia, passou por Rildo e Kelvin e voltou para Valdívia, que chutou da entrada da área para boa defesa do goleiro Igor.

    O Concórdia só conseguiu responder aos 43. Moisés cobrou falta de fora da área, com força, à meia-altura, e Lucas Frigeri espalmou.

    No intervalo, o técnico do Avaí, Rodrigo Santana, sacou o atacante Jonathan, de atuação discreta, para entrada de Lourenço, que passou a jogar pelo lado esquerdo. Com isso, Rildo passou a ser o centroavante. Mas a produção ofensiva do Avaí não melhorou.

    Quem voltou muito melhor foi o Concórdia. Logo aos três minutos, Lucas Silva chutou rente à trave direita de Frigeri.

    A pressão deu resultado. Aos 13, Lucas Silva recebeu a um passo da grande área, dominou e chutou, forte, no ângulo, sem chances para Frigeri. Um golaço que fez justiça à superioridade do Concórdia na etapa final.

    Dominado, Rodrigo Santana colocou Da Silva no lugar de Arnaldo. Depois, vendo o adversário mais próximo do segundo gol do que o Avaí do empate, o técnico chamou o meia Adryan, para o lugar de Kelvin. Mas quem se destacava mesmo era Frigeri, que evitou que a equipe da casa ampliasse.

    Apesar da vitória, o Concórdia viu as chances de classificação ficarem mais distantes quando o Juventus abriu 2 a 0 sobre o Marcílio Dias, em Jaraguá do Sul. Coincidência ou não, o ritmo do Galo do oeste arrefeceu.

    E o Avaí aproveitou. Aos 40 minutos, Valdívia cobrou falta pela direita, a zaga afastou de cabeça, Lourenço pegou o rebote no lado esquerdo da grande área, dominou e, com o pé direita, chutou em curva, sem chance para Igor: 1 a 1.

    E agora?

    O Concórdia agora enfrenta o Tubarão, em dois jogos, para decidir quem permanece na primeira divisão.

    Já o Avaí reencontra a Chape, numa reedição das finais de 2017 e 2019 — só que, agora, nas quartas de final. Quem passar vai encarar Marcílio Dias ou Criciúma na semifinal.

    Um possível clássico entre Avaí e Figueirense só pode acontecer na final.

    Ficha técnica

    Concórdia

    Igor; Alison, Luiz Pedro, Tetê e Diogo Calixto (Nenén); Miguel, Lucas Silva, Warley e Jean Lucas (Weslley Barbosa); Leo Itaperuna (Talysson Lalau) e Moisés. Técnico: Emerson Cris

    Avaí

    Lucas Frigeri; Arnaldo (Da Silva), Betão, Airton e Leonan; Pedro Castro e Wesley; Kelvin, Valdívia e Rildo; Jonathan (Lourenço). Técnico: Rodrigo Santana

    Gols: Lucas Silva, aos 13min, e Lourenço, aos 40min, no segundo tempo.

    Árbitro: Diego da Costa Cidral, auxiliado por Éder Alexandre e Antônio Lourival da Luz.

    Cartões amarelos: Luiz Pedro, Lucas Silva (C); Betão, Leonan, Rildo (A).

    Local: Estádio Domingos Machado de Lima, em Concórdia.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas