nsc
    hora_de_sc

    Campeonato Catarinense

    Figueirense vence o Brusque por 1 a 0, fica na terceira colocação e pega o Juventus na próxima fase

    Marquinho deu a vitória ao Alvinegro; Quadricolor perde a liderança do campeonato e enfrentará o Joinville no mata-mata

    15/03/2020 - 17h01 - Atualizada em: 16/03/2020 - 11h37

    Compartilhe

    Por Ronaldo Fontana
    Figueirense vence o Brusque por 1 a 0 e termina primeira fase na terceira colocação
    Figueirense vence o Brusque por 1 a 0 e termina primeira fase na terceira colocação
    (Foto: )

    Na última rodada do Campeonato Catarinense, o Figueirense recebeu o Brusque, então líder da estadual, e venceu a partida por 1 a 0. O jogo, que foi marcado pelo encontro dos únicos times de Santa Catarina que ainda representam o estado na Copa do Brasil, definiu a colocação das duas equipes na tabela. O Alvinegro subiu para a terceira colocação, enquanto o Bruscão perdeu a liderança e termina a primeira fase em segundo.

    Os adversários de Figueirense e Brusque, que terão a vantagem de definir a segunda partida das quartas de final em casa, estão definidos para o mata-mata do Campeonato Catarinense. O Alvinegro joga contra o Juventus, enquanto o Brusque enfrenta o Joinville.

    O jogo

    A partida no Orlando Scarpelli entre Figueirense e Brusque começou com as duas equipes indo ao ataque e buscando o resultado. As bolas cruzadas, tanto pelo alto quanto rasteiras, foram as principais opções dos dois times.

    De um lado, o Quadricolor queria se manter na liderança do estadual. O técnico Jerson Testoni preservou os titulares visando a volta da terceira fase da Copa do Brasil, que acabou suspendida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), por tempo indeterminado, pouco antes do início da partida. Poderia ter iniciado com o time principal caso a CBF tivesse comunicado a definição com antecedência.

    Do outro, o Figueirense querendo terminar a primeira fase entre os quatro primeiros. O Alvinegro, que também teria o jogo de volta da Copa do Brasil nesta semana, optou por um time quase titular para ganhar mais entrosamento na equipe. Márcio Coelho preservou algumas peças, mas manteve a base do time.

    Uma das primeiras chances na partida foi aos 9 minutos. Diego Gonçalves fez a jogada de ataque e rolou para Marquinho, que errou a bola no que poderia ser o primeiro gol da partida.

    Figueirense e Brusque criaram porucas oportunidades no Orlando Scarpelli
    Figueirense e Brusque criaram porucas oportunidades no Orlando Scarpelli
    (Foto: )

    Até os 30 minutos da primeira etapa, nenhuma chance clara de gol. A melhor oportunidade até a meia hora do primeiro tempo foi do time visitante. Na bola parada, no bico da área pela esquerda de ataque, Gustavo cruzou para Neguete, que cabeceou na trave. O zagueiro estava impedido, mas levou perigo. Aos 31, um minuto após a bola na trave, foi a vez de Carlos Eduardo subir livre, mas dessa vez a bola foi para fora da meta de Sidão.

    A resposta do Figueirense também veio nos ataques pelas bolas alçadas na área. Após as chances do Brusque, Diego Gonçalves tentou uma vez e a bola foi para escanteio. Na sequência, dois chutes prensados na área do visitante e mais um escanteio para o Alvinegro. Os reservas do Bruscão querendo mostrar trabalho, mas sem efetividade. O Furacão com dificuldades para criar. E o primeiro tempo terminou como iniciado. Empate sem gols no Scarpelli.

    A etapa complementar da partida começou com os resultados paralelos mantendo Figueirense e Brusque em suas colocações na tabela. As duas equipes buscaram a criação das jogadas pelas laterais, deixando o meio-campo pouco explorado nos ataques. Aos 23, Edílson levou pela direita, chutou de longe para testar Sidão, que segurou sem dificuldades. Se o primeiro tempo foi de poucas oportunidades, o segundo foi muito parecido. No ataque do Figueirense, Lucas fez a jogada pela direita, deu o toque rasteiro para João Diogo, que chutou por cima do gol.

    Marquinho marca o gol da vitória diante do Brusque
    Marquinho marca o gol da vitória diante do Brusque
    (Foto: )

    O lance do jogo veio aos 42 minutos da segunda etapa. No que vinha sendo as jogadas dos dois times, Diego Gonçalves recebeu pela ponta esquerda, cruzou na cabeça de Everton Santos que ajeitou na pequena área para Marquinho. O meio-campo, que poderia ter aberto o placar no primeiro tempo, botou a bola no fundo das redes e tirou o zero do marcador no Scarpelli. Com poucas chances criadas por ambas equipes durante todo o jogo, a jogada do gol decretou a vitória do Figueirense, que assumiu a terceira colocação no Campeonato Catarinense e pega o Juventus nas quartas de final. O Brusque, que perdeu a liderança para o Avaí, enfrentará o Joinville.

    FICHA TÉCNICA - Figueirense x Brusque

    FIGUEIRENSE

    Sidão; Lucas, Elias, Pereira e Carlinhos; Patrick, Guilherme (Lucas Henrique), Everton (Everton Santos) e Marquinho; Diego Gonçalves e Pedro Lucas (João Diogo). Técnico: Márcio Coelho.

    BRUSQUE

    Ruan Carneiro; Gustavo Henrique (Thiago Alagoano), Cleyton, Neguete e José Carlos; Ruan, Emerson Martins (Claudinho), Edilson e Ronan; Dandan e Carlos Eduardo (Edu). Técnico: Jerson Testoni.

    GOL: Marquinho (42/2T).

    CARTÕES AMARELOS: Lucas e João Diogo (F). Carlos Eduardo, Gustavo Henrique, Edílson e Claudinho (B).

    ARBITRAGEM: Charly Wendy Straub Deretti, auxiliado por Eli Alves Sviderski e Hector Andrew Lisboa Jacques

    BORDERÔ: 1.994 torcedores, para uma renda de R$ 32.423,00.

    LOCAL: Orlando Scarpelli.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas