nsc
    nsc

    Notícia Falsa na Rede

    Caixa oferece por WhatsApp saque de R$ 1.760 do FGTS? É falso

    Mensagem de texto informa sobre possibilidade de dinheiro disponível no Fundo para quem trabalhou entre 1998 e 2016

    01/06/2017 - 13h51 - Atualizada em: 21/06/2019 - 21h50

    Compartilhe

    Por Redação NSC

    Caixa não enviou mensagem pelo WhatsApp sobre direito a saques de R$ 1.760

    Leia mais

    Maioria dos votos nulos cancela uma eleição? É boato

    PMs são filmados vandalizando prédio em Brasília? É falso

    Leia outros textos da seção Notícia Falsa na Rede

    De acordo com a PSafe, empresa em segurança mobile, criminosos estão disseminando via WhatsApp mensagens falsas com um link que supostamente possibilitaria ao usuário conferir se está apto a receber R$ 1.760 do FGTS.

    Para fazer a consulta, bastaria o usuário acessar um link e responder três perguntas (¿Você trabalhou no período entre 1998 a 2016?¿, ¿Você está registrado atualmente?¿ e ¿É maior de 18 anos?¿). Em seguida, é encaminhado para se cadastrar em serviços de SMS pago de conteúdo adulto ou baixar apps falsos, com a logo da Caixa Federal, que podem deixar o smartphone vulnerável a outros tipos de crimes.

    A Caixa Federal esclarece que não envia e-mail ou mensagens via WhatsApp sobre o saque de valores do FGTS. O banco orienta os trabalhadores a encontrar informações seguras e atualizadas no site do banco, nos perfis oficiais nas redes sociais, e por meio do telefone 0800-726-0207.

    Em caso de dúvidas quanto ao saque das contas inativas, a Caixa orienta os trabalhadores a comparecerem a uma das agências com documento de identificação e carteira de trabalho ou outro documento que comprove o término do vínculo trabalhista que deu origem aos depósitos ao FGTS.

    Você leu uma informação e ficou em dúvida se é verdade ou mentira? Envie sua sugestão, por WhatsApp, para a seção Notícia Falsa na Rede: (51) 99667-4125

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas