nsc
hora_de_sc

BOAS FESTAS!

Como o Natal é celebrado no mundo; veja comemorações estranhas e diferentes

Nem todos os países celebram o Natal na mesma data e nem da mesma forma como acontece no Brasil

07/11/2021 - 04h00

Compartilhe

Por Redação NSC
O Natal é comemorado na maioria dos países
O Natal é comemorado na maioria dos países
(Foto: )

Embora o Natal possa ter começado como um feriado cristão e, muitas vezes ainda ser celebrado dessa forma, como acontece no Brasil, as pessoas de todo o mundo comemoram a data e incluíram suas próprias tradições ao longo dos anos.

> Saiba como receber notícias de Santa Catarina no WhatsApp

O Natal comemora o nascimento de Jesus Cristo no dia 25 de dezembro, sendo uma celebração religiosa e cultural observada por bilhões de pessoas em todo o mundo, tanto cristãs quanto não cristãs.

A comemoração acontece em 160 países em todo o mundo e varia de acordo com o país. Alguns países comemoram no dia 25 de dezembro, enquanto outros comemoram no dia anterior ou no dia seguinte.

As celebrações de Natal ao redor do mundo podem variar muito nas tradições, envolvendo a montagem da árvore de Natal com pisca-pisca, a decoração com coroas de flores e meias, bengalas doces e preparo de biscoitos e leite. Igrejas e famílias montam presépios retratando o nascimento de Jesus Cristo. As famílias também enviam cartões de Natal e se reúnem para compartilhar o momento e trocar presentes.

A seguir, veja algumas diferenças nas comemorações natalinas ao redor do mundo.

Tradições e celebrações de Natal mais inusitadas

Islândia

Uma das comemorações de Natal mais estranhas do mundo acontece na Islândia, onde dizem que um gato gigante vagueia pelo campo nevado na época do Natal. Segundo a tradição, os fazendeiros usavam o Gato Yule como um incentivo para seus trabalhadores - aqueles que trabalharam duro receberiam um novo conjunto de roupas, mas os outros seriam devorados pela gigante fera.

Hoje, é comum na Islândia que todos comprem roupas novas para usar no Natal para evitar uma morte desagradável.

Japão

O Japão tem uma tradição natalina incomum. Nessa época do ano, além de algumas práticas de Natal que acontecem há séculos, como o envio de cartões e troca de presentes, muitas famílias japonesas se presenteiam com um balde gigante vermelho e branco de “frango de Natal” - Kentucky Fried Chicken (Frango Frito Kentucky, em português).

Tudo começou com a campanha de marketing da rede de fast food KFC em 1974. Inspirada em um jantar de Natal com peru, a empresa apresentou um “barril de festa” como forma de comemorar o feriado e nomeou o plano de marketing de Kentucky para o Natal.

Hoje, a maioria das famílias japonesas ainda mantém a tradição de comer frango frito no Natal. Milhões de pessoas encomendavam o frango com semanas de antecedência ou esperavam em longas filas, por horas, para seu jantar especial de Natal do KFC.

Como não há muitos cristãos morando no Japão, o Natal não é celebrado como um feriado religioso e nem é reconhecido pelo governo como feriado oficial.

Apesar disso, os japoneses veem o Natal como uma época para espalhar felicidade, e praticam algumas tradições que vieram do Ocidente. Alguns presentes são trocados e as festas de Natal são realizadas próximo ao dia de Natal.

Suécia

Por mais de 40 anos, um Julbock (Yule Goat, em inglês) é montado anualmente na cidade sueca de Gävle, como uma exibição tradicional de Natal. No entanto, essa tradição de Natal levou a outra prática inusitada.

Todos os anos, o Bode Gävle, feito de palha, sofre ataques de incendiários e vândalos que fazem de tudo para queimá-lo antes do dia de Natal. Essa tradição acontece desde 1966, quando o bode apareceu pela primeira vez.

No século 17, era comum que os jovens se vestissem como bodes e corressem pelas ruas pregando peças e exigindo presentes. No século 19, em vez dos homens das famílias se vestirem de Papai Noel, eles passaram a se vestir de bode para dar presentes para os familiares.

> Figurinhas de Natal para WhatsApp: Veja como baixar e usar

Muitos países mantêm a tradição de presentear os familiares
Muitos países mantêm a tradição de presentear os familiares
(Foto: )

Áustria

Na Áustria, Krampus é uma criatura folclórica que se parece com uma fera.

de aparência humana, com chifres e que dizem ser metade bode e metade demônio. Na época do Natal, ele pune as crianças que se comportaram mal. Enquanto São Nicolau recompensa as crianças boas com doces, Krampus golpeia as crianças que não se comportaram bem e, dependendo da tradição local, joga as crianças na cesta de palha que ele carrega nas costas ou as afoga no rio ou leva as crianças direto para o Inferno.

No dia 5 de dezembro à noite, véspera do Dia de São Nicolau, é comum ver homens vestidos como o Krampus. Eles bebem e saem nas ruas assustando as crianças, às vezes batendo nelas com ramos de bétula. Para acalmar o Krampus, as pessoas dão uma dose de schnapps, a aguardente típica da região.

> Entenda o significado de dez símbolos típicos do Natal

França

Em muitas regiões da França, as celebrações do Natal começam com o dia de São Nicolau, em 6 de dezembro. Em seguida, as crianças ganham doces e pequenos presentes.

Muitas cidades na França são decoradas durante as semanas que antecedem o Natal e as crianças adoram abrir as 24 janelinhas do calendário do Advento. Na região da Alsácia, a tradição de colocar árvores de Natal decoradas nasceu no século XIV.

Na véspera de Natal, as crianças colocam os sapatos engraxados em frente à chaminé e esperam que o Papai Noel encha os sapatos de doces.

No dia 25 de dezembro, assim como no Brasil, é um feriado e as famílias se reúnem para uma grande festa e troca de presentes.

Rússia

Na Rússia, o Natal é comemorado em 7 de janeiro devido à diferença de 13 dias entre o Calendário Gregoriano mais recente e os Calendários Julianos mais antigos. Na véspera de Ano Novo, o Avô Frost traz presentes para as crianças.

Marrocos

O país não tem celebrações de Natal, pois a população é principalmente muçulmana. Por isso, o Papai Noel e os costumes cristãos da data não são populares.

> Receitas para fugir do comum na ceia de Natal

Alemanha

Em dezembro, as casas costumam ser decoradas com luzes de fada e enfeites, mas a árvore de Natal costuma ser montada e decorada somente na manhã do dia 24 de dezembro.

As celebrações do Natal na Alemanha começam no dia 24 de dezembro, na véspera de Natal, quando as pessoas trocam presentes.

O dia 26 de dezembro também é feriado na Alemanha e muitas famílias aproveitam o dia para se reunirem, ir à igreja ou saírem juntas para um passeio no parque.

Dia 26 de dezembro é feriado na Alemanha
Dia 26 de dezembro é feriado na Alemanha
(Foto: )

Na Alemanha, os presentes são trocados na véspera de Natal, e não no dia de Natal. Isso foi introduzido por Martinho Lutero, que achava que o dia de Natal deveria se concentrar somente no nascimento de Cristo e não nos presentes.

Foi na Alemanha que surgiu a tradição de montar árvores de Natal em casa. As famílias levam as árvores para a casa no dia 24 e a mãe da família a decora para os filhos, em segredo.

> "Sinto falta do carinho das crianças", diz Papai Noel de Blumenau sobre o Natal na pandemia

Noruega

Na Noruega, as crianças esperam pelo Julenissen, o Papai Noel norueguês. No dia 24, o Julenissen e seus pequenos gnomos entregam presentes para as crianças

O dia de Natal, 25, é um dia mais calmo e descontraído, no qual as pessoas fazem um pequeno-almoço tradicional e vão às missas na igreja. Em 26 de dezembro, as comemorações continuam nos encontros e festas com biscoitos e guloseimas de Natal.

Egito

No Egito, o Natal é celebrado em 7 de janeiro e não é comemorado de forma tradicional, como no Brasil, e também não se vê muitos enfeites e árvores de Natal. De 25 de novembro a 6 de janeiro, os cristãos jejuam e procuram manter uma dieta vegana.

Polônia

No dia 24, a principal refeição da festa é servida após um dia de jejum. As famílias geralmente têm uma refeição de 12 pratos para representar os 12 discípulos de Jesus. A véspera de Natal termina com a Pasterka, a missa da meia-noite na igreja local. No dia de Natal na Polônia, as pessoas assistem à missa e visitam amigos.

Quais países têm comemorações parecidas com as do Brasil

Itália, Inglaterra e Estados Unidos são alguns dos países que comemoram o Natal no dia 25 e também tem tradições parecidas com as do Brasil, como troca de presentes, reunião familiar, entre outras.

Curiosidades sobre o Natal

  • Papai Noel nem sempre se vestia com roupas vermelhas
  • Guirlandas de Natal
  • Silent Night é a música mais gravada

Papai Noel nem sempre se vestia com roupas vermelhas

Inicialmente, o Papai Noel usava roupas verdes, roxas ou azuis. No entanto, a Coca Cola decidiu vesti-lo com cores que combinassem com sua marca e que pegassem. É por isso que ele está sempre usando roupas vermelhas agora.

Guirlandas de Natal

As guirlandas são símbolos religiosos. O azevinho representa a coroa de espinhos que Jesus usou em sua crucificação e as bagas vermelhas representam o sangue que Ele derramou.

Silent Night é a música mais gravada

Ao redor do mundo, várias músicas de Natal são executadas durante toda a temporada, mas uma delas se destaca. “Silent Night” (Noite Feliz, no Brasil) é a música de Natal mais gravada da história. Desde 1978, a música teve mais de 733 versões diferentes protegidas por direitos autorais.

Você também pode querer ver

Leia também

Melhores sobremesas para o Natal 2020

Se nunca ouvir falar, agora vai: saiba o que pansexualidade

Melhores horários para postar no TikTok

Quais os melhores horários para postar no Instagram

Colunistas