publicidade

Esportes
Navegue por

Do jeito que dá

Criciúma teve que improvisar lateral na maioria dos jogos da Série B

Dos dez atletas aproveitados no lado do campo, só quatro são laterais de ofício

15/08/2018 - 10h52 - Atualizada em: 15/08/2018 - 11h41

Compartilhe

Por Redação NSC
Improvisado na lateral direita em quatro jogos, Carlos Eduardo é o jogador que tem melhor aproveitamento na função
Improvisado na lateral direita em quatro jogos, Carlos Eduardo é o jogador que tem melhor aproveitamento na função
(Foto: )

Em nenhuma posição a falta de opções no plantel do Criciúma fica tão evidente quanto nas laterais. Das 21 rodadas do Campeonato Brasileiro da Série B, em 11 o Tigre jogou com atleta improvisado na função. Na derrota por 3 a 1 diante da Ponte Preta nessa terça-feira, o problema ficou ainda mais grave. O técnico Mazola Júnior teve que usar jogadores de outras posições nas duas laterais pela primeira vez na competição.

Dez atletas já foram escalados pelo Tigre como laterais na Série B, e só quatro deles são de ofício: Sueliton na direita e Marlon, Artur e Enzo na esquerda. Os outros seis são volantes (Carlos Eduardo, Eduardo, Natan e Ralph), um zagueiro (Christian) e até um atacante (Andrew). Nenhum dos dez marcou gol enquanto jogava na lateral. O único a balançar as redes foi Eduardo, contra o Paysandu, o jogador atuou como volante naquela partida.

O aproveitamento nos jogos em que ao menos um dos laterais é improvisado chega a ser melhor do que aqueles em que ambos são de ofício. Mas o Tigre leva menos gols e marca mais quando nenhum dos laterais atua de improviso.

A dupla titular, Sueliton e Marlon, começou jogando em oito partidas. O aproveitamento deles atuando juntos é de 41,7%, superior à média do Criciúma.

Curiosamente, o jogador com melhor aproveitamento na lateral é, justamente, um dos improvisados. Carlos Eduardo fez quatro jogos pela direita e está invicto, com duas vitórias e dois empates.

Os piores são Natan (direita), Andrew (esquerda), Christian (esquerda), Enzo (esquerda) e Arthur (esquerda)- estes dois últimos de ofício -, que não participaram da conquista de ponto algum quando começaram partidas atuando na lateral.

Todos os jogos com lateral improvisado:

1ª rodada - Atlético Goianiense 3 x 2 Criciúma (Andrew na esquerda)

4ª rodada - Criciúma 1 x 3 CSA (Natan na direita)

7ª rodada - Fortaleza 2 x 0 Criciúma (Natan na direita, como ala)

12ª rodada - Brasil 1 x 0 Criciúma (Ralph na direita)

13ª rodada - Criciúma 1 x 0 São Bento (Ralph na direita)

16ª rodada - Criciúma 1 x 0 Londrina (Eduardo na direita)

17ª rodada - CRB 0 x 0 Criciúma (Carlos Eduardo na direita)

18ª rodada - Criciúma 2 x 1 Vila Nova (Carlos Eduardo na direita)

19ª rodada - Sampaio Corrêa 0 x 1 Criciúma (Carlos Eduardo na direita)

20ª rodada - Criciúma 1 x 1 Atlético Goianiense (Carlos Eduardo na direita)

21ª rodada - Ponte Preta 3 x 1 Criciúma (Eduardo na direita e Christian na esquerda)

Aproveitamento: 42,4%

Gols sofridos: 14 (1,3 por partida)

Gols feitos: 10 (0,9 por partida)

Jogos com os dois laterais de ofício:

2ª rodada - Criciúma 0 x 1 Ponte Preta (Sueliton e Marlon)

3ª rodada - Coritiba 2 x 1 Criciúma (Sueliton e Marlon)

5ª rodada - Guarani 1 x 0 Criciúma (Sueliton e Enzo)

6ª rodada - Criciúma 0 x 0 Juventude (Sueliton e Marlon)

8ª rodada - Avaí 0 x 1 Criciúma (Sueliton e Marlon)

9ª rodada - Criciúma 4 x 1 Paysandu (Sueliton e Marlon)

10ª rodada - Criciúma 1 x 1 Boa Esporte (Sueliton e Marlon)

11ª rodada - Oeste 2 x 2 Criciúma (Sueliton e Marlon)

14ª rodada - Criciúma 1 x 1 Figueirense (Sueliton e Marlon)

15ª rodada - Goiás 2 x 1 Criciúma (Sueliton e Artur)

Aproveitamento: 33,3%

Gols sofridos: 10 (1 por partida)

Gols feitos: 11 (1,1 por partida)

A equipe inicia na quinta a preparação de olho no confronto diante do Coritiba. O duelo diante dos paranaenses será na próxima terça-feira, às 19h15min, no Heriberto Hülse, pela 22ª rodada da Série B.

Veja a tabela da Série B do Brasileiro

Mais notícias do Criciúma

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação