nsc

publicidade

Segurança

Cúpula de segurança volta a fazer promessas de redução da criminalidade para Joinville

Durante troca de comando da PM na cidade foram anunciados R$ 600 mil para construção de hangar da Polícia Militar e PM-SC Mobile funcionando o mais breve possível

03/02/2016 - 15h52 - Atualizada em: 24/07/2019 - 18h23

Compartilhe

Por Redação NSC
Troca de comando ocorreu nesta quarta-feira com a presença da cúpula de segurança do Estado
Troca de comando ocorreu nesta quarta-feira com a presença da cúpula de segurança do Estado
(Foto: )

Na passagem em Joinville para a troca de comando da 5ª Região de Joinville e do 8º Batalhão da Polícia Militar, na tarde desta quarta-feira, a cúpula da segurança pública voltou a fazer novas promessas para reduzir a criminalidade na cidade e Norte do Estado.

Leia as últimas notícias sobre Joinville e região no AN.com.br

Nenhuma medida concreta ou plano de ação efetivo foi anunciado. Em geral, as autoridades não pontuaram observações, por exemplo, sobre a onda de assassinatos que desde o ano passado assola o maior município catarinense.

O secretário da Segurança Pública, César Grubba, afirmou em seu discurso que é compromisso do governo do Estado reduzir os índices de criminalidade na região e trazer de volta a sensação de segurança à população.

O que está confirmado sobre cabeça encontrada em Joinville

"É indignante, uma afronta", diz secretário de Segurança

Vídeo de jovem decapitado demonstra nível preocupante de criminalidade

Ele cobrou dos novos comandantes a identificação das manchas criminais em torno de homicídios, roubos, tráfico de drogas e furtos. Pediu ainda resultados diferentes e novas ações repressivas e preventivas.

O coronel Amarildo Alves assumiu a 5ª Região da PM no lugar do coronel Benevenuto Chaves Neto e o tenente-coronel Jofrey Santos Silva é o novo comandante do 8º Batalhão da PM em substituição ao tenente-coronel Nelson Coelho.

Na solenidade, o comandante-geral da PM em Santa Catarina, coronel Paulo Paulo Henrique Hemm, disse que é preciso criar políticas de enfrentamento ao crime em toda a sociedade, mas admitiu que a cidade não pode ficar refém de marginais e da criminalidade.

- Joinville vai receber grandes ações este ano, principalmente de inteligência - destacou Hemm.

Foram anunciados R$ 600 mil para a construção de um hangar da PM em Joinville e prometido para breve o começo das atividades na cidade com o PM-SC Mobile, iniciativa digital que reduz o tempo de atendimento das ocorrências nas ruas.

Protesto

Houve um protesto de um grupo pequeno de aprovados no concurso da PM, na frente do 8º Batalhão. Com faixas, eles cobravam a garantia da nomeação dos aprovados pelo concurso, adiada recentemente pelo governador Raimundo Colombo e marcada agora para junho.

Dois deles conseguiram conversar com o secretário de Segurança, César Grubba, que em nome do governador reafirmou que todos os aprovados serão nomeados em junho. Integrantes da Associação de Praças de SC (Aprasc) testemunharam a conversa.

- Podem ficar tranquilos - respondeu Grubba aos aprovados.

Ao final, Grubba se reuniu com os comandantes da PM na Região e de Joinville, além do delegado regional de Joinville, Akira Sato.

Deixe seu comentário:

publicidade