Na manhã desta terça-feira (22), a Arábia Saudita venceu de virada a Argentina, de Lionel Messi. Não bastasse o placar inesperado para boa parte dos que acompanham o futebol, o atleta do PSG tem uma irônica coincidência com o algoz da vez: ele é embaixador do turismo do país árabe.

Continua depois da publicidade

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

A parceria entre Messi e Arábia Saudita é recente, o jogador argentino fez o anúncio em maio deste ano. Na época, o caso chamou a atenção na França, onde o meia atua pelo PSG, pois a Arábia Saudita não tinha relações diplomáticas com o Qatar, país dos donos do clube francês.

No site ‘Visit Saudi’, o atleta aparece em vídeos e fotos em pontos turísticos. Há ainda locais que seriam indicações de Lionel Messi para o turista conhecer, além de um pacote com todas as experiências que o craque vivenciou em sua última viagem ao país asiático.

Arábia Saudita decreta feriado nacional após vitória histórica sobre a Argentina na Copa

Continua depois da publicidade

Assim como o vizinho Qatar, sede da atual Copa do Mundo, a Arábia Saudita tem um longo histórico de violações aos direitos humanos. A tática de vincular o esporte para melhorar a sua imagem no exterior não é novidade. Tanto que o Newcastle tem um dono saudita. Ações como essas são chamadas de sportwashing, do inglês sport (esporte) e wash (lavar).

*Por Karina Merli

Assista ao vídeo e saiba tudo sobre o Catar

Leia também

Zebra da Copa, Arábia Saudita impede marca histórica da Seleção Argentina

Copa do Mundo: brasileiro se infiltra entre argentinos e viraliza nas redes sociais

Destaques do NSC Total