nsc
    santa

    maternidade

    Em Blumenau, gravidez na adolescência é discutida na rede municipal

    No primeiro trimestre de 2016, 15,8% das gestantes na cidade eram adolescentes

    09/04/2016 - 06h31

    Compartilhe

    Por Redação NSC

    Dados do SisPreNatal, software desenvolvido para acompanhar as gestantes inseridas no Programa de Humanização no Pré-Natal e Nascimento do Sistema Único de Saúde (SUS), mostram que em Blumenau foram registradas 1.534 gestações entre janeiro e março deste ano. Destas, seguindo a faixa etária de 10 a 19 anos determinada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), 243 são de adolescentes - um percentual de 15,8%. No ano passado foram 3.871 grávidas e 531 casos de gravidez precoce.

    ::: Uma em cada três gestantes em Taió, no Alto Vale, tem menos de 18 anos

    - A maioria das meninas acredita que nunca vai acontecer com elas, então não usa nenhum método contraceptivo. Em contraponto, tentamos conscientizá-las com ações como rodas de conversa e bate- papos interativos - explica Jaéte Panoch, coordenadora da Política Municipal de Saúde da Criança e do Adolescente de Blumenau.

    O mesmo tipo de conscientização tem se espalhado pelas escolas do município, mas de forma mais pontual. Anelize Termann Schlosser, gerente de Programas de Saúde Escolar, conta que a educação sexual na rede pública é aplicada de maneira transdisciplinar, ou seja, integrada ao currículo.

    - Na rede municipal de ensino temos várias ações que abordam este tema, entre eles o Projeto Transando Saúde, que é realizado nas escolas por adesão em parceria com o Sesc. Atuamos identificando qualquer comportamento alterado ou que seja necessário uma intervenção. A escola, por meio da equipe gestora, dialoga com o aluno e quando necessário a família é acionada para comparecer e conversar sobre o assunto - garante.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas