Fernando Diniz foi demitido e deixa o cargo de técnico da seleção brasileira nesta sexta-feira (5). Segundo informações do ge, a decisão foi tomada pelo presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, um dia após voltar ao cargo depois de uma decisão liminar do Supremo Tribunal Federal (STF).

Continua depois da publicidade

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

Clique aqui para entrar na comunidade do NSC Total Esporte no WhatsApp

Relembre como foi o ano da Seleção Brasileira

Ainda de acordo com o ge, o presidente da CBF comunicou a decisão de demitir Fernando Diniz ao presidente do Fluminense, Mario Bittencourt, clube que Diniz está empregado. Na sequência, o dirigente do clube repassou a informação ao profissional.

Continua depois da publicidade

Diniz comandou a seleção brasileira em seis jogos, sendo todos pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026. Na ocasião, foram duas vitórias contra Bolívia e Peru, empate com Venezuela e derrotas para Uruguai, Colômbia e Argentina.

Segundo o ge, o preferido para assumir o cargo de técnico da seleção brasileira é Dorival Júnior, que é o atual técnico do São Paulo.

Resultados da Seleção Brasileira em 2023

Destaques do NSC Total