nsc

Futebol

Figueirense perde em casa para a Chapecoense por 3x1 pelo Catarinense

Alvinegro pode parar na zona do rebaixamento se o Criciúma vencer o JEC, no fechamento da sexta rodada

28/03/2021 - 12h48 - Atualizada em: 29/03/2021 - 07h24

Compartilhe

Leandro
Por Leandro Lessa
Anselmo Ramon Figueirense 1x3 Chapecoense Scarpelli Catarinense 2021
Anselmo Ramon fez dois gols na vitória da Chape sobre o Figueira
(Foto: )

AInda com a melhora em parte do segundo tempo, o Figueirense acabou sendo derrotada para a líder Chapecoense por 3 a 1 no Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela sexta rodada do Campeonato Catarinense. Com o resultado, o Alvinegro segue fora da faixa de classificação à segunda fase e se livrou de entrar na zona de rebaixamento porque o JEC venceu o Criciúma por 1 a 0, na noite deste domingo (28), e o Tigre permaneceu no Z-2. 

> Clique aqui e receba as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

O Figueirense está a quatro jogos sem vencer no Estadual - a única vitória na competição foi na segunda rodada, o 3 a 0 sobre o Concórdia. O próximo compromisso do Furacão será novamente em casa: o time do técnico Jorginho encara o Hercílio Luz, na quarta-feira (31), às 19h. 

> Confira grupo e jogos do Figueirense na Série C 2021; estreia será fora de casa

O jogo

A Chapecoense conseguiu três chances seguidas, entre 14 e 16 minutos de jogo - duas com Fabinho e uma com Ravanelli, forçando a defesas de Emerson Júnior. Só que, aos 35 minutos, Mike deu uma cavadinha na bola e deixou Busanello livre na área. Ele tocou por cima do goleiro para fazer Chape 1 a 0.

O Figueirense voltou melhor do intervalo, e chegou ao empate aos nove minutos. O árbitro marcou pênalti em um toque da bola no braço de Kadu. Marllon cobrou no canto, fora do alcance de Keiller. Porém, a partir dos 40 minutos, a Chape, com as substituições, apareceu mais. Anselmo Ramon, de cabeça e em chute de fora da área, decretou o placar final da partida. 

> Faraco: Chapecoense venceu o Figueirense sem precisar fazer muita força

Ficha técnica

Figueirense (1)

Emerson Júnior, Everton Santos, Felipe Gregório, Paulo Ricardo e Renan Luís; Khevin, Fabrício e Lincon (Matheus); Marllon, Breno (Blaise) e Denner (Carlinhos). 

Técnico: Jorginho

Chapecoense (3)

Keiller, Matheus Ribeiro, Kadu, Tiago Coser e Busanello (Lima); Moisés Ribeiro, Anderson Leite (Ronei) e Ravanelli; Mike (Bruno Silva), Perotti (Anselmo Ramon) e Fabinho (Fernandinho). 

Técnico: Umberto Louzer

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis

Gols: (C) Busanello, aos 35 minutos do primeiro tempo; Anselmo Ramon, aos 41 e 49 minutos do segundo tempo; (F) Marllon, de pênalti, aos nove minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: (C) Perotti, Mike, Ravanelli (F) Blaise.

Público e rende: Sem presença de torcedores pelo protocolo para evitar a propagação do coronavírus

Colunistas