No Resenha Giro Total desta quinta-feira (03) a mesa composta por Chico Lins, Jéssica Cescon e Rodrigo Faraco discutem as atuais situações dos dois times de Florianópolis, Avaí e Figueirense. O Leão da Ilha é o mais cobrado neste início de ano – único representante de Santa Catarina integrando a elite do futebol.

Continua depois da publicidade

Com duas derrotas, dois empates e uma vitória na temporada 2022, Claudinei se vê pressionado pelas arquibancadas e por alguns torcedores a melhorar o esquema tático do Leão.

Nesta edição do Giro Resenha, Rodrigo Faraco ponderou que para o clube realizar um jogo funcional serão necessárias mudanças.

Continua depois da publicidade

> Receba as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

“O Claudinei precisa pensar fora da caixa. Ele precisa pensar o Avaí de um jeito diferente. O modo de jogar do ano passado serviu para o ano passado, ele não está servindo para o início deste ano e talvez, de forma geral, não sirva mesmo para este ano.”

Já no que diz respeito ao Figueirense, o clube não passa por grandes alegrias desde a conquista da Recopa Catarinense – duelo em que o Furacão bateu o Leão da Ilha por 3 a 1 fora de casa. Na avaliação de Chico Lins, o Figueira não é favorito no Campeonato.

“A presença do Figueirense no Campeonato estadual, eu não vi como favorito, eu achava que ia ficar perto da metade da classificação. Com a conquista da Recopa, parece que mudou um pouco o patamar do time. […] Então eu não tinha muita expectativa em relação ao Furacão, na Recopa com um bom jogo contra o Avaí, parece que a gente empolgou um pouquinho com o Figueirense. Na realidade das três primeiras rodadas, o Figueirense ficou devendo um pouco de futebol.”

O próximo duelo do time alvinegro é nesta quinta-feira às 21h30 contra o Camboriú. O Avaí enfrenta o Próspera no sábado (05) às 16h30 na Ressacada.

Continua depois da publicidade

O Resenha Giro pode ser conferido na íntegra no YouTube do NSC Total, Spotify e os recortes você pode conferir no Instagram da CBN Diário.

*Estagiária sob supervisão de Jéssica Cescon.

Destaques do NSC Total