nsc
dc

Fórmula-1

Hamilton afirma que gostaria de defender a Williams

Inglês elogiou tradicional escuderia britânica

15/08/2017 - 20h30

Compartilhe

Por Lancepress
(Foto: )

Lewis Hamilton admitiu que é difícil dizer como os próximos anos da Fórmula-1 irão se desenvolver, enquanto sugeriu que permanecerá na Mercedes. O inglês também comentou que gostaria de, "um dia", pilotar para a Williams e ajudá-la a voltar ao topo.

Lutando por um terceiro campeonato com o time alemão, Hamilton está travando uma batalha com Sebastian Vettel da Ferrari. Rumores já colocaram o inglês no assento de Vettel quando seu contrato com a Mercedes acabar no fim de 2019, com o alemão ocupando seu lugar na Mercedes.

Leia mais:

Stroll se diz preparado para adversidades no ano de estreia na Fórmula-1

Carlos Sainz minimiza impasse e diz que seguirá na Toro Rosso

Polêmico halo acrescentará 10 quilos ao peso dos carros da Fórmula-1

Quando perguntado como ele pensa que serão as coisas no futuro, ele disse não pensar no futuro.

– É difícil dizer. Estou tão feliz, quando me juntei a essa esquipe, não poderia imaginar que seria assim. E isso é independente dos nossos resultados, não poderia ter sonhado em ser melhor. Tenho certeza de que não há outra equipe com esse ambiente. Muito certo disso. Se eu fosse mudar, teria de tentar pegar o que temos aqui e implementar em outro lugar, mas eu realmente quero ficar. Claro, eu olho para outras equipes que já admirei. Olho para Williams e penso : seria muito legal um dia pilotar a Williams e ajudá-los voltar ao topo – disse.

No entanto, o tricampeão ressaltou que respondeu apenas baseado na sua admiração pela escuderia britânica.

– Mas não teria uma "fórmula mágica" e não saberia dizer quanto tempo demoraria ou se realmente seria possível, mas apenas porque admiro Frank (Williams) e a equipe Williams por sua história. Na McLaren, fiquei por lá e fiz isso, tive uma ótima experiência com eles. (Não há) outra equipe, exceto a Ferrari, obviamente, que poderia ser interessante. Agora, eu adoro estar aqui, eu amo as pessoas para quem eu trabalho, as pessoas com quem trabalho e o que a empresa representa – concluiu Hamilton.

*LANCEPRESS

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Esportes

Colunistas