Chegou a hora de sentir novamente aquela alegria de montar a árvore de Natal, um dos símbolos mais populares das celebrações natalinas. Seja sozinho ou com a criançada, é sempre muito divertido enfeitar os ambientes para aguardar as festas de final de ano. Mas existe um jeito certo de montar a árvore de Natal? Continue lendo e descubra.

Continua depois da publicidade

Mas lembre-se que segundo o calendário católico-cristão, a tradição no Brasil é montar a árvore de Natal no quarto domingo antes do 24 de dezembro. Ou seja, no início do advento, representando assim a preparação para o nascimento de Jesus Cristo. Em 2021, essa data é o dia 28 de novembro.

No Brasil, o costume de montar a árvore de Natal entre os cristãos só apareceu no começo do século XX. A árvore, tradicionalmente, é o pinheiro, que simboliza a vida. Trata-se de uma espécie que se mantém verde, mesmo durante o inverno, quando a maioria das árvores perde as folhas.

Ao longo do tempo, os pinheiros de Natal foram dando lugar a árvores produzidas artificialmente, com diferentes cores e materiais, como plástico, papel, etc. A cada ano que passa, a árvore de Natal ganha mais inovações, tamanha a variedade de modelos de adornos, bolas, pinhos, neve artificial, laços e luzes coloridas, entre outros enfeites.

Continua depois da publicidade

E você, já está preparado para montar a árvore de Nata? Afinal, este ano merece uma comemoração especial, depois de períodos tão difíceis marcados pela Pandemia do Coronavírus. A família, amigos, colegas de trabalho e clientes merecem ter a esperança renovada.

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Tudo o que você precisa saber sobre árvore de Natal

Para você se animar ainda mais a montar sua árvore de Natal e dar vida ao espírito natalino, vamos dar uma mãozinha. O objetivo é que tudo fique muito lindo, seguro e torne esta época do ano simplesmente inesquecível. 

Vale lembrar que não há somente um jeito certo de montar árvore de Natal. Mas existem dicas preciosas que valem a pena saber.

Continua depois da publicidade

Escolhendo a árvore de Natal

Você prefere os pinheiros ou as árvores artificiais? Escolha o tipo que mais gosta e que melhor se encaixa no ambiente definido. Se optar pelo pinheiro natural, lembre-se que ele precisa de água e sol para durar e ser reutilizado no ano que vem.

Se quiser uma árvore de Natal sintética, procure aquelas com mais galhos e ramos. Dessa forma, o tronco fica mais escondido. Não esqueça que as coloridas, além de saírem do formato tradicional, podem se destacar mais. Mas cuide pra cor da árvore não “brigar” muito com os demais adornos.

Continua depois da publicidade

Por fim, reflita sobre o lugar onde se pretende montar a árvore? Num canto de um espaço grande? No jardim? Em cima de algum móvel? Ter essa informação é imprescindível para escolher o tamanho da árvore.

Sobre os enfeites

Escolha ou separe os enfeites (bolas, laços, pinhas, anjos, papai noel, estrelas e demais penduricalhos) que quer utilizar, além do pisca-pisca, da saia e do festão. Tente combinar todos esses objetos e suas cores com a árvore de Natal escolhida.

Verifique se todo o conjunto vai combinar com o visual do local. Você pode aproveitar também para usar materiais que talvez já tenha guardado, como tecidos de juta, feltro, barbante e patchwork.

Continua depois da publicidade

Ao escolher as bolas da árvore de Natal, prefira as de tamanhos variados: grandes, médias e pequenas. Coloque as grandes na base da árvore, as médias no meio e as pequenas na parte de cima. Isso promove o equilíbrio visual.

Varie nas cores das bolas de tamanhos iguais. Os outros enfeites, inclusive os laços, podem ser colocados por toda a árvore de Natal. E ainda servem para cobrir os eventuais espaços vagos. Após a colocação desses adereços, o próximo passo é adornar a árvore de Natal com o pisca-pisca ou com as luzinhas.

Luzes que iluminam a festa

Existem muitos tipos de luzes de Natal para dar aquele toque especial à sua árvore de Natal, como o pisca-pisca, aquelas que mudam de cor, outras que ficam permanentemente acesas, etc. Pode exagerar no brilho. 

Continua depois da publicidade

O pisca-pisca e outras luzes precisam ser trançados nos galhos e dar uma sensação de preenchimento. Se o cordão de pisca for pequeno, espalhe as luzes para que haja uma uniformidade na estrutura da árvore.

Fique atento: comece de baixo para cima, para facilitar o uso da tomada, que normalmente fica próxima ao chão. As luzes são colocadas antes dos demais enfeites.

Saia, uma peça fundamental

A saia cai muito bem para aquelas árvores que não estão envolvidas em um vaso já enfeitado. A função da saia é cobrir o pé da árvore de Natal, ou seja, a base que normalmente não é bonita. Os materiais aqui também são bem variados. Dê asas à imaginação.

Continua depois da publicidade

Festão: não pode faltar

O festão é muito utilizado para criar texturas e volumes, imitando a vegetação das árvores das florestas. Dessa forma, o festão aramado ou não dá mais cor e preenche os espaços vazios da árvore de Natal. Por ser mais longo, o ideal é arranjá-lo antes da colocação das peças menores.​

Passo a passo para montar a árvore de Natal

  • Abra bem os galhos;
  • Coloque o pisca-pisca ligado, de baixo para cima. Assim, você consegue visualizar bem o efeito;
  • Pegue os enfeites maiores e coloque-os de baixo para cima. Se a árvore de Natal estiver perto de uma parede, você não precisa decorar a parte que não vê;
  • Pendure e enrole os cordões das bolas nos galhos até que elas fiquem firmes;
  • Adicione os enfeites menores, equilibrando as cores e preenchendo os espaços;
  • Finalize com a estrela cadente ou algum outro acessório especial na ponta acima da árvore de Natal;
  • Cubra o pé da árvore de Natal com uma saia. E distribua presentes em volta. Se for necessário, decore caixas vazias imitando presentes;
  • Observe de longe como tudo ficou;
  • Repare se há simetria e cuide para que todos os buracos estejam preenchidos.

Destaques do NSC Total