Lionel Messi foi eleito o melhor jogador de futebol do planeta pelo The Best 2023, prêmio anunciado nesta segunda-feira (27). O meia-atacante puxou a fila de nomes da Argentina reconhecidos na premiação da Fifa, que garantiram ainda outras três honrarias na cerimônia, todos eles impulsionados pela conquista da Copa do Mundo do Catar.

Continua depois da publicidade

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Entre os atletas homens, estavam também na disputa o francês Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain, e Karim Benzema, também natural da França e atleta do Real Madrid.

Messi já havia conquistado o The Best uma outra vez, em 2019. Anteriormente, o argentino também levou uma vez o prêmio de Melhor Jogador do Ano da Fifa (como o The Best já foi chamado), em 2009, e sete vezes a Bola de Ouro, um outro prêmio de melhor do mundo.

Em relação a esse segundo prêmio, em quatro ocasiões ele foi concedido em premiação conduzida em parceria entre a revista francesa France Footbal e a Fifa (2010, 2011, 2012 e 2015). Já em outras três situações teve responsabilidade apenas da publicação da França (2009, 2019 e 2021). A honraria mais recente é contabilizada, portanto, como a sétima com reconhecimento da Fifa.

Continua depois da publicidade

Melhor jogador do mundo

Messi chegou embalado à premiação pela conquista da Copa do Mundo do Catar, que encerrou um jejum de 36 anos da Argentina no Mundial. O atacante foi eleito o melhor atleta do torneio, com três gols e sete assistências. No período analisado pelo The Best, que vai da metade de 2021 ao fim do ano passado, o argentino também venceu o Campeonato Francês e a Supercopa da França pelo PSG.

Benzema, por sua vez, é o atual vencedor da Bola de Ouro, prêmio que diferiu de escolhido do The Best neste ano, o que não costuma ocorrer. O atacante do Real Madrid foi líder e artilheiro de sua equipe nas conquistas da Liga dos Campeões e do Campeonato Espanhol na temporada 2021/22, com 44 gols ao todo. Ele ficou fora da última Copa, no entanto, por estar lesionado.

Já Mbappé foi à disputa com as conquistas da Ligue 1 e da Supercopa da França pelo PSG na última temporada europeia, assim como Messi, e com o vice da Copa do Catar, em que, apesar da derrota para a Argentina, conseguiu ser o artilheiro do torneio, com oito gols.

Melhor jogadora do mundo

Entre as mulheres, a espanhola Alexia Putellas, do Barcelona, foi eleita a melhor jogadora de futebol do planeta. Ele concorria com a britânica Beth Mead, do Arsenal, e a americana Alex Morgan, do San Diego Wave FC.

Continua depois da publicidade

Putellas, a atual detentora do prêmio, levou o Barcelona até a final da última Liga dos Campeões, em que acabou vice-campeã e foi artilheira, com 11 gols, e conquistou o título do Campeonato Espanhol de 2022/22, competição em que sua equipe venceu todos os seus 30 jogos.

Mead foi campeã da última Eurocopa, competição pela qual foi também a artilheira, com seis gols, e eleita a melhor atleta. Pelo Arsenal, a atacante ainda anotou 13 tentos e deu 13 assistências na temporada de 2021/22.

Morgan foi artilheira da Liga Nacional de Futebol Feminino dos Estados Unidos (NWSL, na sigla em inglês) no ano passado, com 15 gols, e também do Campeonato Feminino da Concacaf, com três tentos. Nesta segunda competição, a atacante foi ainda campeã e eleita a melhor jogadora do torneio.

Melhores treinadores e goleiros

O The Best também reconheceu os melhores treinadores e goleiros da última temporada. No caso dos comandantes, Lionel Scaloni, técnico da Argentina, foi o vencedor entre os homens, ao concorrer com Carlo Ancelotti (Real Madrid) e Pep Guardiola (Manchester City); já entre as mulheres, Sarina Wiegman, da seleção da Inglaterra, foi a vencedora, em disputa com Sonia Bompastor (Lyon) e Pia Sundhage (Brasil).

Continua depois da publicidade

Na premiação de arqueiros, o argentino Emiliano Martinez, eleito o melhor goleiro da Copa, foi o vencedor, concorrendo com o marroquino Yassine Bounou e o belga Thibaut Courtois; já entre as mulheres, a escolhida pela Fifa foi a britânica Mary Earps, do Manchester United, que estava na disputa com a alemã Ann-Katrin Berger e a chilena Christiane Endler.

Prêmio Puskás

Também na cerimônia foi entregue o prêmio Puskás, pelo gol mais bonito da temporada. O atacante brasileiro Richarlison era um dos três finalistas da honraria pelo golaço de voleio marcado na vitória do Brasil sobre a Sérvia por 2 a 0 na fase de grupos da Copa do Mundo do Catar.

No entanto, o vencedor foi o polonês Marcin Oleksy, do Warta Poznan (veja o gol que levou a honraria). Estava ainda na disputa o francês Dimitri Payet, do Olympique Marseille.

Fair Play e Fifa Fan Award

A Fifa também reconheceu o zagueiro georgiano Luka Lochoshvili com o prêmio de Fair Play, por salvar a vida de um adversário em campo quando atuava pelo Wolfsberger, e os torcedores argentinos com o Fifa Fan Award, devido à festa que protagonizaram no Catar.

Continua depois da publicidade

Homenagem a Pelé e brasileiro no melhor time

A cerimônia contou logo no início com uma homenagem a Pelé, que morreu no fim do ano passado. A viúva do Rei do Futebol, Márcia Aoki, esteve presente no evento e ouviu do presidente da Fifa, Gianni Infantino, que o ex-jogador será eterno. Ela também recebeu das mãos de Ronaldo uma taça em reconhecimento à história do marido e fez um pequeno discurso de gratidão.

Outro brasileiro celebrado na premiação foi o volante Casemiro, do Manchester United e da seleção brasileira. Ele representou o Brasil no time masculino ideal eleito pela Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol (FIFPro).

Seleção FifPro masculina

  • Thibaut Courtois
  • Achraf Hakimi
  • Virgil van Dijk
  • João Cancelo
  • Kevin de Bruyne
  • Casemiro
  • Luka Modric
  • Lionel Messi
  • Karim Benzema
  • Erling Haaland
  • Kylian Mbappé

Seleção FifPro feminina

  • Christiane Endler
  • Lucy Bronze
  • Maria León
  • Leah Wlliamson
  • Wendie Renard
  • Alexia Putellas
  • Keira Walsh
  • Lena Oberdorf
  • Alex Morgan
  • Sam Kerr
  • Beth Mead

Continua depois da publicidade

Leia mais

The Ocean Race: barcos iniciam etapa da prova rumo a Santa Catarina

STU Criciúma: Pâmela Rosa e Ismael Henrique são campeões do street 2023

Destaques do NSC Total