nsc
    nsc

    Enfim pronto

    No primeiro dia após a inauguração, moradores do Campeche aprovam novo centro de saúde

    O ato solene que abriu as portas aconteceu ontem , mas foi hoje que o local entrou de vez na rotina daqueles que precisam de atendimento médico na região

    27/03/2018 - 12h31

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    (Foto: )

    Um sonho realizado. Foi assim que muitos moradores do Campeche, em Florianópolis, enxergaram a inauguração do novo centro de saúde depois de seis anos de obras e outros mais de luta da comunidade. O ato solene que abriu as portas à população aconteceu na manhã de ontem , mas foi nesta terça-feira, 27, que o local entrou de vez na rotina daqueles que precisam de atendimento médico na região.

    A consultora de produtos cosméticos Roseli da Silva, de 47 anos, é uma das 4 mil pessoas que, em média, precisam recorrer à unidade de saúde todos os meses. Contente com o novo espaço, sua única ponderação foi com relação ao número de profissionais realizando o atendimento à população.

    — Ficou muito bom, o Campeche estava precisando desse posto maior. A diferença é gritante para o antigo posto, que era muito pequeno. Acho só que deveria ter mais profissionais em diferentes áreas, aqueles especialistas... — comenta Roseli, que estava ali para fazer uma espécie de check up.

    Roseli ficou contente com o que viu na nova unidade de saúde do Campeche
    Roseli ficou contente com o que viu na nova unidade de saúde do Campeche
    (Foto: )

    O aposentado Elso Daniel, de 67 anos, ficou com a mesma impressão que Roseli. Ao levar a esposa Osmarina, que sofre de reumatismo, para uma consulta, Elso ficou encantado com o tamanho da unidade e o espaço potencial para o trabalho de mais equipes médicas.

    — Melhorou 90% em relação ao antigo, mas ainda faltam funcionários. Está inaugurando agora, temos que dar um tempo para ver. A tendência é melhorar, porque não adianta ter um espaço desses com poucos funcionários.

    Elso Daniel acompanhou a esposa Osmarina em uma consulta no centro de saúde do Campeche
    Elso Daniel acompanhou a esposa Osmarina em uma consulta no centro de saúde do Campeche
    (Foto: )

    De fato, esta é uma capacidade identificada pela Secretaria Municipal de Saúde. Na ocasião da inauguração, o secretário Carlos Alberto Justo da Silva ressaltou que o próximo passo será o aumento das equipes de saúde.

    — Queremos ampliar o atendimento com mais uma equipe de saúde da família, desta forma, a unidade ampliará o acesso e horários para atender a comunidade.

    Seis anos de obras

    Não foi fácil sair do papel o novo centro de saúde do Campeche. Depois de muita luta da comunidade, a verba de quase R$ 1 milhão para a construção veio em 2012. As obras começaram em 2014 e o local esteve quase pronto em 2016, mas ficou mais de um ano abandonado e foi alvo de depredações. Do final de 2017 para cá, recebeu os últimos acabamentos para ser entregue à população na última segunda-feira, 26.

    O novo centro de saúde deve suprir a demanda do maior bairro do sul da Ilha. Atualmente, os quase 4 mil atendimentos mensais são feitos por duas equipes de médicos e uma de dentista, em um pequeno posto de saúde próximo à Avenida Pequeno Príncipe. Mas como anunciou o secretário municipal de Saúde, a ideia é que o serviço seja ampliado em breve.

    (Foto: )

    Estamos de olho

    Ao longo de todo esse tempo a Hora de Santa Catarina acompanhou o andamento, ou não, das obras e cobrou o poder público na medida do possível. Este é um compromisso com o nosso leitor e, por isso, manteremos os olhares atentos para este e para outros centros de saúde da Grande Florianópolis. E se o leitor ou a leitora tiver dúvidas, reclamações, elogios ou comentários sobre as unidades de saúde da região, está convidado para entrar em contato com a redação da Hora.

    Leia mais notícias da Grande Florianópolis

    Colunistas