No dia em que o horário eleitoral gratuito vai ao ar pela última vez antes da eleição para o primeiro turno, candidatos aos cargos de presidência da república e deputado federal falaram aos eleitores na TV e no rádio. Veja como os três principais presidenciáveis aproveitaram seu espaço na primeira edição do horário político, veiculada entre 13h e 13h50.

Continua depois da publicidade

Leia todas as notícias sobre Eleições 2014

Tire todas as suas dúvidas sobre a eleição no Guia do Eleitor

Em terceiro lugar nas pesquisas para presidente, Aécio Neves (PSDB) apresentou um programa gravado em São João Del-Rei, a terra do seu avô Tancredo Neves. O candidato apostou na imagem de homem simples que valoriza a família. Depois, foram exibidas cenas de um debate da Rede Record, no qual o tucano ataca Dilma pelos casos de corrupção da Petrobrás. Em tom de despedida, seu candidato a vice, Aloysio Nunes, apelou para os eleitores indecisos e projetou uma virada de Aécio sobre Marina.

Continua depois da publicidade

Com mais tempo disponível (11 minutos), Dilma Rousseff (PT) focou na apresentação de propostas para um possível segundo mandato, adotando o lema “governo novo, ideias novas”. A presidenta reforçou promessas como a integração das forças de segurança, educação em tempo integral, redução na burocracia e combate à corrupção. Sem mencionar adversários específicos, a candidata do PT afirmou: “Os candidatos dizem que são a mudança, mas não dizem que mudanças vão fazer. O que eles dizem de mais concreto é que vão continuar o que nós estamos fazendo”.

Lula também teve uma participação importante no programa. Em uma cena gravada em um jardim, o ex-presidente conversa com a candidata sobre a possibilidade de investir recursos do pré-sal em educação e infraestrutura. O programa encerra com um apanhado de iniciativas do governo atual como Pronatec, o Mais Médicos e o Minha Casa, Minha Vida, reiterando a promessa de continuar e ampliar esses programas.

Marina Silva (PSB) começou narrando sua trajetória de vida e ressaltando valores como a determinação que lhe ajudou a deixar de ser analfabeta. Em seguida, adotou um discurso inflamado contra Dilma. “Não foi nem vereadora e virou presidente do Brasil”, disse a candidata do PSB sobre a petista. “Não venha me chamar de mentirosa. Mentirosa é quem diz que não sabe que tinha roubo na Petrobrás”.

Continua depois da publicidade

A última exibição do horário político na TV será nesta quinta-feira, das 20h30 às 21h20min.

*Zero Hora

Destaques do NSC Total