nsc

    Verão

    Nova taxa sobre o dólar diminui número de argentinos em Florianópolis

    Imposto de 30% sobre o dólar gasto fora da Argentina faz com que hermanos viagem menos ao Brasil

    14/01/2020 - 16h04 - Atualizada em: 14/01/2020 - 18h09

    Compartilhe

    Por Redação CBN Diário
    Novo imposto para argentinos diminui turistas em Florianópolis
    Novo imposto para argentinos diminui turistas em Florianópolis
    (Foto: )

    A nova taxa implementada pelo governo da Argentina sobre o dólar utilizado fora do país já influencia no turismo em Santa Catarina. A taxa de 30% é uma medida para conter a alta do dólar e faz parte do pacote de emergência aprovada pelo governo argentino em dezembro de 2019.

    O imposto, criado para conter uma pressão de alta do dólar e elevar a arrecadação da Argentina, impediu muitos turistas argentinos de visitarem Florianópolis. Entre os serviços afetados estão as reservas em hotéis, serviços em plataformas digitais e passagens aéreas. Uma das compensações na economia local neste início de ano, principalmente nos restaurantes, são os turistas vindos de outros países e os próprios brasileiros.

    — A gente teve outras regiões que trouxeram muitos turistas. Nessa primeira semana, 55% dos restaurantes tiveram maior movimento comparado ao ano passado. Porém, temos que lembrar que no ano passado tivemos um dos piores verões. Na segunda semana não observamos este mesmo crescimento — comenta a conselheira da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Juliana Salles.

    Um dos atrativos que começou a atrair os turistas a visitarem Florianópolis foi a inauguração da Ponte Hercílio Luz, que agora está aberta para visitação.

    — É um diferencial. O poder público agindo e trazendo atrações para a cidade é o que vai solucionar de fato, e trazer um turismo não só para a temporada, mas para o ano todo.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas