Em Norman’s Cay, um avião da Segunda Guerra Mundial submerso nas águas rasas é um vestígio do contrabando liderado por Pablo Escobar nos anos 70 e 80. A ilha servia como base para uma rede internacional de tráfico de drogas, e o avião naufragado era utilizado para transportar cocaína até os Estados Unidos.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do Hora no Google Notícias

Clique e participe do canal do Hora no WhatsApp

Atualmente, Norman’s Cay é lembrada como um local importante na história do narcotráfico, onde a presença do avião afundado continua a intrigar os visitantes da ilha. Nesta reportagem, descubra mais detalhes sobre essa história e veja imagens da ilha paradisíaca que abriga os destroços.

Continua depois da publicidade

Veja imagens da ilha onde está localizado o avião de Pablo Escobar

O avião originalmente pertencia a Pablo Escobar, um chefe do tráfico colombiano responsável por introduzir drogas nos Estados Unidos e na Europa através do seu Cartel de Medellín. O cartel operou na Colômbia do final da década de 1970 até 1993, quando foi desmantelado pelas forças governamentais treinadas pelos agentes da DEA americana, conforme a iniciativa “Plano Colômbia”, que entrou em vigor durante as eleições presidenciais daquele ano.

Durante o trajeto para o sul da Flórida, um dos aviões de Escobar caiu nas Bahamas e foi abandonado. Atribuíram o acidente a um piloto embriagado e uma noite de pouca visibilidade. Surpreendentemente, a carga foi recuperada antes da chegada das autoridades.

Continua depois da publicidade

Na ilha do naufrágio, mergulhadores podem ver os destroços do avião, assim como muitas criaturas marinhas que habitam e circundam os destroços, como enguias, caranguejos e outros peixes. Embora haja outros naufrágios na área, já que o espaço aéreo da região era relativamente não patrulhado naquela época, eles não são tão acessíveis quanto este, que está localizado em uma área rasa.

Leia mais

Autor de Simpsons revela como acerta previsões do futuro: “História e matemática”

Veja 20 mensagens de São João para compartilhar

O que acontece quando o “Peixe do fim do mundo” aparece e qual sua relação com tragédias

Destaques do NSC Total