nsc
    an

    Saúde

    Papanduva registra segunda morte por coronavírus; município vai distribuir máscaras à população

    Em menos de dez dias, aumentou para nove o número de casos confirmados na cidade que tem cerca de 19,3 mil habitantes

    21/05/2020 - 12h19

    Compartilhe

    Patrícia
    Por Patrícia Della Justina
    coronavírus
    (Foto: )

    O governo de Santa Catarina confirmou a segunda morte por coronavírus no município de Papanduva, na última quarta-feira (20). O paciente era um idoso, de 75 anos, que havia sido testado positivo para Covid-19 no último sábado (16). Ele sofria de câncer, tinha como doença de base a pneumonia e demais complicações como diabetes e hipertensão. O idoso estava internado no Hospital São Sebastião e morreu na última quarta.

    > Em site especial, saiba tudo sobre coronavírus

    O município, que tem cerca de 19,3 mil habitantes segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2019, já soma nove casos positivos, conforme divulgado pelo governo do Estado até a última quarta-feira. Na última semana, a cidade possuía apenas três casos confirmados e uma morte. Além disso, Papanduva foi a primeira cidade de pequeno porte do Norte de SC a ter casos confirmados importados.

    Conforme a Secretaria da Saúde da cidade, ainda há quatro casos suspeitos no município, aguardando o resultado do exame do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). Outras 60 pessoas estão sendo monitoradas pela Vigilância Epidemiológica.

    A primeira morte foi registrada no último dia 10 de maio. O paciente era um homem de 38 anos. Ele era a terceira pessoa a ter diagnóstico positivo de coronavírus no município, e o primeiro que não tinha histórico de viagem ou contato com pessoas de fora da cidade. Segundo a secretária da Saúde do município, os familiares estão sendo monitorados e em isolamento social.

    Município toma medidas de segurança

    Além de seguir o decreto estadual no que diz respeito às atividades econômicas, Papanduva está em processo de preparação de máscaras que devem ser distribuídas a partir desta semana a quem não possui o equipamento. Os pontos de entrega serão: Assistência Social, Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e Postos de Saúde.

    Conforme a secretária da saúde do município, Cátia Taciana Thorstenberg, uma espécie de triagem foi montada no Centro da cidade para atender todos os casos suspeitos. A prefeitura tem prestado orientações aos moradores, especialmente a quem teve contato com casos confirmados, que são monitorados por equipes médicas. Os procedimentos são feitos a partir de visitas às residências e também por telefone.

    Nesta semana o município também deu início à Patrulha Covid para monitorar estabelecimentos com apoio da Polícia Militar e Vigilância Sanitária.

    Leia as últimas notícias da região Norte de SC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas