nsc
    santa

    Momentos de terror

    Polícia investiga ataque a ônibus de SC que terminou com três mortos

    Passageiros chegaram a Blumenau e Brusque nesta manhã

    12/02/2020 - 11h27 - Atualizada em: 12/02/2020 - 14h04

    Compartilhe

    Bianca
    Por Bianca Bertoli
    Passageiros chegaram a Blumenau por volta das 9h40
    Passageiros chegaram a Blumenau por volta das 9h40
    (Foto: )

    A Polícia Civil instaurou um inquérito na manhã desta quarta-feira (12) para investigar a tentativa de assalto a um ônibus que terminou com três suspeitos mortos. Os agentes trabalham com a hipótese de que dois criminosos conseguiram fugir. O caso ocorreu nesta madrugada. A linha, que saiu de São Paulo e seguia até Brusque, teve o trajeto interrompido por bandidos na BR-116, no Paraná. Três criminosos, porém, foram mortos por um homem de 47 anos, que é de Blumenau.

    O ônibus passou pela rodoviária de Blumenau por volta das 9h40 desta quarta-feira (12), onde deixou boa parte dos passageiros (assista abaixo). O veículo terminou a viagem em Brusque, também no Vale do Itajaí. Em Blumenau, a maioria que desceu do ônibus ainda tentava digerir o que acontecera na BR-116, em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba.

    — Eles aterrorizaram todo mundo. Quando o (assaltante), que estava no segundo andar, percebeu que mataram os comparsas dele, ficou alterado. Entrou no banheiro e ficou gritando que ia matar todo mundo — lembra Nilsa Pires, de 59 anos.

    Moradora de Blumenau, Nilsa Pires estava no ônibus
    Moradora de Blumenau, Nilsa Pires estava no ônibus
    (Foto: )

    Ela e parte dos 45 passageiros ficaram em Blumenau. Permanecem no Paraná apenas uma idosa de 62 anos que levou um tiro de raspão e o homem que disparou contra os suspeitos, para prestar depoimento. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o vigilante mora em Blumenau e possuía autorização para estar armado.

    Dheeraj More, de 50 anos, conta que um carro branco, que a PRF acredita se tratar de um Golf, cercou o ônibus por volta das 2h. Ele e muitos outros viajantes estavam dormindo. Quatro bandidos entraram com camisas nas cabeças para não serem identificados. Um rendeu o motorista, outro ficou no primeiro andar e dois subiram para o segundo piso. Com o veículo em movimento, eles passaram a ordenar que todos erguessem as mãos.

    O vigilante estava no primeiro andar. Ali, de acordo com testemunhas, teria usado a pistola calibre .380 para ferir o primeiro suspeito. Os que estavam no segundo andar ouviram o barulho e um deles se aproximou da escada, para checar o que havia ocorrido. Foram ouvidos muitos disparos. O segundo foi atingido próximo à escada. Com os dois caídos no chão, o homem armado foi para o segundo andar.

    O terceiro suspeito tentou se esconder sobre o colo de um dos passageiros. Acuado, se jogou de uma janela sob gritos de quem presenciava a cena e queria evitar a tragédia. Ele acabou sendo atropelado e morreu. O quarto integrante fez o condutor parar e fugiu no carro branco.

    A idosa atingida no rosto por um tiro de raspão foi encaminhada ao Hospital Universitário Evangélico Mackenzie, em Curitiba. A assessoria informou que ela não corre risco de morte, mas permanece em observação para a equipe avaliar se haverá necessidade ou não de internação.

    Em casa

    Passageiros que foram vítimas de tentativa de assalto em ônibus chegam a Blumenau

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas