nsc
    dc

    Preocupação

    Rossi é diagnosticado com varicela e vira dúvida para estreia da Chapecoense na Libertadores

    Atacante apresentou sintomas no sábado e foi afastado do grupo para evitar contaminação

    27/02/2017 - 14h46 - Atualizada em: 27/02/2017 - 15h52

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    Rossi deixou a delegação que foi a Joinville em virtude de ter contraído varicela
    Rossi deixou a delegação que foi a Joinville em virtude de ter contraído varicela
    (Foto: )

    O atacante Rossi está com varicela, também conhecida como catapora, e fica fora do jogo contra o Atlético-MG, na Primeira Liga, na quarta-feira. Ele também preocupa para o jogo de estreia na Libertadores, na terça-feira, contra o Zulia, Na Venezuela.

    Rossi foi diagnosticado com problemas de saúde no sábado, antes do jogo contra o Joinville. Por ser uma doença altamente contagiosa ele foi afastado do grupo e mandado para Chapecó.

    De acordo com dermatologista e médico da Chapecoense, Fabiano Winckler, se o jogador não tiver novas lesões, poderá ser liberado para treinar a partir de quinta-feira. Caso contrário pode demorar um pouco mais. De acordo com o médico o contágio ocorre de dez a 14 dias antes dos sintomas, em contato de pessoa para pessoa, e leva mais 7 a 10 dias após a eclosão das lesões, que são em forma de pequenas bolhas.

    Questionado sobre a possibilidade de o jogador ser cortado da viagem para a Venezuela, o médico disse que é cedo para avaliar.

    - Depois de liberado vai depender da comissão técnica - disse o médico.

    A Chapecoense viaja no sábado à noite, após o jogo contra o Criciúma, para a estreia na Libertadores.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas