nsc

Saúde

Secretário alerta para colapso em Florianópolis: "Vamos precisar de 45 leitos em 15 dias"

Florianópolis cobra Estado por comando contra o coronavírus

07/07/2020 - 17h52 - Atualizada em: 07/07/2020 - 19h13

Compartilhe

Mateus
Por Mateus Boaventura
Secretário de saúde, Carlos Alberto Justo da Silva
Secretário de saúde, Carlos Alberto Justo da Silva
(Foto: )

Florianópolis alcançou nesta terça-feira (07) a ocupação de 91,13% dos leitos de UTI na cidade. São apenas 18 disponíveis e o secretário de saúde, Carlos Alberto Justo da Silva, alertou para um possível colapso nas próximas semanas.

— Hoje nós temos 15 pacientes de Florianópolis em UTI e o restante é da região, mas nós temos uma projeção que em 15 dias vamos precisar de 45 leitos. Então, o Estado deve ter essas projeções. Nos preocupa muito, porque nós chegaremos a isso com o índice de transmissão de no máximo 1,2, mas o índice da Grande Florianópolis está muito mais alto — alertou.

>> SC registra mais 1,5 mil casos de coronavírus e chega a 35,3 mil infectados

Uma reunião nesta desta quarta-feira (08), às 9h, debate a integração das ações contra a Covid-19 na região metropolitana. O secretário municipal cobra comando do Estado.

— Não é possível não haver um comando do Governo para disciplinar os graus de risco desta região, porque se deixar para os prefeitos acaba cada um tomando uma decisão diferente da outra e não resolvendo o problema. Rio Grande do Sul e São Paulo trabalham dessa maneira: identificando e tomando decisão por região — cobrou.

Colunistas