nsc
    nsc

    Alerta

    Florianópolis atinge 90% de ocupação de UTIs; mais da metade é por leitos de coronavírus

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    06/07/2020 - 09h44 - Atualizada em: 06/07/2020 - 14h07
    Leitos de UTI em Florianópolis estão em 90% de ocupação (Foto: Mauricio Vieira / Secom)
    Leitos de UTI em Florianópolis estão em 90% de ocupação (Foto: Mauricio Vieira / Secom) (Foto: Leitos de UTI em Florianópolis estão em 90% de ocupação (Foto: Mauricio Vieira / Secom))

    Florianópolis começou a semana com 90% dos leitos de UTI ocupados. O dado atualizado no Covidômetro aponta para 21 espaços disponíveis. A ocupação é geral, o que inclui coronavírus e outros atendimentos. Do total de 234 leitos na Capital catarinense, há 21 disponíveis nesta segunda-feira. Para casos de coronavírus são 86 internações. Ou seja: mais da metade dos leitos de UTIs de Florianópolis está ocupada por pessoas com Covid-19.

    Gean diz que sistema de saúde está perto de colapso e faz apelo por isolamento

    Segundo o secretário de Saúde de Florianópolis, Carlos Alberto Justus da Silva, a prefeitura busca uma reunião com o Estado para discutir a questão. A principal preocupação é com a Grande Florianópolis. De acordo com ele, dos 86 internados com coronavírus, 16 são moradores da Capital.

    - Estamos solicitando uma reunião com a SES (secretaria de Estado da Saúde) porque qualquer medida isolada de Florianópolis se não for estendida a toda a região terá baixa efetividade.

    Os dados da prefeitura apontam para 23 mortes por coronavírus. Em entrevista ao Bom Dia Santa Catarina, da NSC TV, Gean Loureiro disse ainda que as projeções feitas duas semanas atrás já apontavam para este cenário da doença, e que por isso Florianópolis adotou novas restrições

    > Suposto efeito da ivermectina contra Covid-19 provoca corrida às farmácias de Blumenau

    Gean afirmou também que essas medidas, embora não tenham durado o tempo previsto, tiveram impacto sobre os novos casos na Capital, mas ressaltou que o efeito não foi completo porque a ação não foi acompanhada por outras cidades.

    O prefeito informou que vai procurar o Governo de Santa Catarina nesta semana para relatar a preocupação da região quanto à ocupação de leitos.

    Leia também:

    Redução de distanciamento, frio e acidentes: como Florianópolis chegou a 85% de ocupação dos leitos de UTI

    Painel do coronavírus: 20 cidades de SC ainda não registraram casos

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas