nsc
an

LUTO NA EDUCAÇÃO

Tarcísio Bratti, fundador do Colégio Santo Antônio, morre de Covid-19 em Joinville

Ele tinha 72 anos e faleceu nesta quinta-feira

11/03/2021 - 15h53 - Atualizada em: 11/03/2021 - 16h49

Compartilhe

Cláudia
Por Cláudia Morriesen
foto mostra tarcisio bratti
Tarcisio Bratti fundou o Colégio Santo Antônio ao lado da esposa, Zelândia
(Foto: )

O professor Tarcísio Bratti morreu nesta quinta-feira (11), em Joinville. Ele tinha 72 anos e perdeu a vida por complicações causadas pela Covid-19. Tarcísio era o fundado do Colégio Santo Antônio, atual Sociedade Educacional Santo Antônio, instituição de ensino particular no bairro Iririú, na zona Leste de Joinville. Ele ainda atuava como diretor-presidente da unidade, que atualmente é dirigida por dois de seus filhos, Elisa e Rafael. 

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

Tarcisio nasceu em Orleans, no Sul de Santa Catarina. Para cursar o 3º ano do Ensino Médio, mudou para Florianópolis, onde fez a graduação no Instituto Estadual de Educação. Na época, morando em uma república, conheceu Moacir Thomazi, que viria a tornar-se seu cunhado — ele conheceu Zelândia Thomazzi no baile de formatura do internato onde ela estudou, ainda nos anos 1960. 

O casal fundou o Colégio Santo Antônio em 1976 em um anexo às salas de catequese da Paróquia Santo Antônio, no bairro Santo Antônio, o que motivou a origem do nome do colégio. A aula inaugural foi em 1º de março de 1977. Depois, passou para um prédio na rua Jorge Augusto Emilio Müller, no Iririú. Em 1995, a sede passou a ser em um endereço na rua Papa João XXIII, onde está atualmente, e também conta com Ensino Superior. 

Tarcísio deixa três filhos — George, Rafael e Elisa — e cinco netas. Ele estava internado no Hospital da Unimed desde 24 de fevereiro. A família ainda não decidiu sobre a cerimônia de despedida nem sobre o sepultamento.

A Sociedade Educacional Santo Antônio emitiu uma nota informando sobre a morte do fundador.

A direção, professores, funcionários e alunos solidarizam-se com a família, os amigos e os colegas, e consolam-se na certeza de que o Professor Tarcísio era uma pessoa iluminada, e que apesar da partida prematura, sua história de vida impactou profundamente a história de nossa cidade. Pelo Colégio Santo Antônio e pelo Instituto de Ensino Superior Santo Antônio, instituições que fundou, passaram inúmeras famílias, que através de suas histórias, ajudaram a construir as colunas que sustentam nossa comunidade.

Dedicado e querido por todos, era figura que se destacava na comunidade escolar por sua inteligência, sabedoria e compaixão. Nestes anos de dedicação à educação e à instituição, nunca poupou esforços para que nossa instituição fosse reconhecida como bastião educacional na nossa região.

Sua alegria, sua bondade e o seu jeito único de ser serão para sempre lembrados. Deixa saudades e lindas lembranças. Sigamos na certeza de que se encontra em um lugar melhor, de onde continuará emanando sua luz e alegria.

Colunistas