O Oscar existe desde 1929, mas, só a partir de 1948 é que a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas incluiu na premiação a estatueta de Melhor Filme Estrangeiro. Ou seja, obras produzidas fora dos Estados Unidos também são contempladas na premiação. Continue a leitura e confira todos os vencedores do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro desde que esta premiação foi criada.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do Hora no Google Notícias

Todos os vencedores do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro

De acordo com os sites IMDB e Wide Screening, os vencedores da categoria são os seguintes:

Continua depois da publicidade

Década de 1940/50

  • 1948: Vítimas Da Tormenta – Itália – Diretor: Vittorio de Sica
  • 1949: São Vicente De Paulo – O Capelão das Galeras – França – Diretor: Maurice Cloche
  • 1950: Ladrões De Bicicleta – Itália – Diretor: Vittorio de Sica
  • 1951: Três Dias De Amor – França – Diretor: René Clément
  • 1952: Rashomon – Japão – Diretor: Akira Kurosawa
  • 1953: Brinquedo Proibido – França – Diretor: René Clément
  • 1954: Sem indicações na categoria
  • 1955: O Portão Do Inferno – Japão – Diretor: Teinosuke Kinugasa
  • 1956: Samurai: O Guerreiro Dominante – Japão – Diretor: Hiroshi Inagaki
  • 1957: Estrada Da Vida – Itália – Diretor: Federico Fellini
  • 1958: Noites De Cabíria – Itália – Diretor: Federico Fellini
  • 1959: Meu Tio – França – Diretor: Jacques Tati

Década de 1960

  • 1960: Orfeu Do Carnaval – França – Diretor: Marcel Camus
  • 1961: A Fonte Da Donzela – Suécia – Diretor: Ingmar Bergman
  • 1962: Através De Um Espelho  – Suécia – Diretor: Ingmar Bergman
  • 1963: Sempre Aos Domingos – França – Diretor: Serge Bourguignon
  • 1964: 8 ½ – Itália – Diretor: Federico Fellini
  • 1965: Ontem, Hoje E Amanhã – Itália – Diretor: Vittorio de Sica 
  • 1966: A Pequena Loja Na Rua Principal – Tchecoslováquia – Diretor: Jan Kadar e Elmar Klos
  • 1967: Um Homem E Uma Mulher – França – Diretor: Claude Lelouch
  • 1968: Trens Estreitamente Vigiados – Tchecoslováquia – Diretor: Jiri Menzel
  • 1969: Guerra E Paz – União Soviética – Diretor: Sergei Bondarchuk 

Década de 1970

  • 1970: Z – Argélia – Diretor: Costa-Gavras
  • 1971: Investigação Sobre Um Cidadão Acima De Qualquer Suspeita – Itália – Diretor: Elio Petri
  • 1972: O Jardim Dos Finzi-Contini – Itália – Diretor: Vittorio De Sica
  • 1973: O Discreto Charme Da Burguesia – França – Diretor: Luis Buñuel
  • 1974: A Noite Americana – França – Diretor: François Truffaut
  • 1975: Amarcord – Itália – Diretor: Federico Fellini
  • 1976: Dersu Uzala – União Soviética – Diretor: Akira Kurosawa
  • 1977: Preto E Branco Em Cores – Costa do Marfim – Diretor: Jean-Jacques Annaud 
  • 1978: Madame Rosa: A Vida À Sua Frente – França – Diretor: Moshé Mizrahi
  • 1979: Preparem Seus Lenços – França – Diretor: Bertrand Blier

Continua depois da publicidade

Década de 1980 

  • 1980: O Tambor – Alemanha Ocidental – Diretor: Volker Schlöndorff
  • 1981: Moscou Não Acredita Em Lágrimas – União Soviética – Diretor: Vladimir Menshov
  • 1982: Mephisto – Hungria – Diretor: István Szabó
  • 1983: Começar De Novo – Espanha – Diretor: José Luis Garci
  • 1984: Fanny E Alexander – Suécia – Diretor: Ingmar Bergman
  • 1985: Fora De Controle – Suíça – Diretor: Richard Dembo
  • 1986: História Oficial – Argentina – Diretor: Luis Puenzo
  • 1987: O Ataque – Holanda – Diretor: Fons Rademakers
  • 1988: A Festa De Babette – Dinamarca – Diretor: Gabriel Axel
  • 1989: Pelle, O Conquistador – Dinamarca – Diretor: Bille August

Década de 1990 

  • 1990: Cinema Paradiso – Itália – Diretor: Giuseppe Tornatore
  • 1991: Viagem Da Esperança – Suíça – Diretor: Xavier Koller
  • 1992: Mediterrâneo – Itália – Diretor: Gabriele Salvatores
  • 1993: Indochina – França – Diretor: Régis Wargnier
  • 1994: Sedução – Espanha – Diretor: Fernando Trueba
  • 1995: Sol Enganador – Rússia – Diretor: Nikita Mikhalkov
  • 1996: A Excêntrica Família De Antônia – Holanda – Diretor: Marleen Gorris
  • 1997: Kolya, Uma Lição De Amor – República Tcheca – Diretor: Jan Svěrák
  • 1998: Caráter – Holanda – Diretor: Mike van Diem
  • 1999: A Vida É Bela – Itália – Diretor: Roberto Benigni

Década de 2000

  • 2000: Tudo Sobre Minha Mãe – Espanha – Diretor: Pedro Almodóvar
  • 2001: O Tigre E O Dragão – Taiwan – Diretor: Ang Lee
  • 2002: Terra De Ninguém – Bósnia e Herzegovina – Diretor: Danis Tanović
  • 2003: Nenhum Lugar Para Ir – Alemanha – Diretora: Caroline Link
  • 2004: As Invasões Bárbaras – Canadá – Diretor: Denys Arcand
  • 2005: Mar Adentro – Espanha – Diretor: Alejandro Amenábar
  • 2006: Infância Roubada – África do Sul – Diretor: Gavin Hood
  • 2007: A Vida Dos Outros – Alemanha – Diretor: Florian Henckel von Donnersmarck
  • 2008: Os Falsários – Áustria – Diretor: Stefan Ruzowitzky
  • 2009: A Partida – Japão – Diretor: Yojiro Takita

Continua depois da publicidade

Década de 2010 

  • 2010: O Segredo Dos Seus Olhos – Argentina – Diretor: Juan José Campanella
  • 2011: Em Um Mundo Melhor – Dinamarca – Diretora: Susanne Bier
  • 2012: A Separação – Irã – Diretor: Asghar Farhadi
  • 2013: Amor – Áustria – Diretor: Michael Haneke
  • 2014: A Grande Beleza – Itália – Diretor: Paolo Sorrentino
  • 2015: Ida – Polônia – Diretor: Paweł Pawlikowski
  • 2016: Filho De Saul – Hungria – Diretor: László Nemes
  • 2017: O Apartamento – Irã – Diretor: Asghar Farhadi
  • 2018: Uma Mulher Fantástica – Chile – Diretor: Sebastián Lelio
  • 2019: Roma – México – Diretor: Alfonso Cuarón

Década de 2020

  • 2020: Parasita – Coreia do Sul – Diretor: Bong Joon Ho
  • 2021: Mais Uma Rodada – Dinamarca – Diretor: Thomas Vinterberg
  • 2022: Drive My Car – Japão – Diretor: Ryusuke Hamaguchi
  • 2023: Nada De Novo No Front – Alemanha – Diretor: Edward Berger
  • 2024: Zona de Interesse – Reino Unido e Polônia – Diretor: Jonathan Glazer

O quase Oscar de Fernanda Montenegro

Algumas vezes os filmes estrangeiros, ou os atores que interpretaram personagens nos mesmos, disputam prêmios em outras categorias. Em exemplo, Parasita venceu o Oscar de Melhor Filme e o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2020. Neste contexto, Fernanda Montenegro, uma das grandes atrizes da história do Brasil, disputou o prêmio de Melhor Atriz em 1999 pelo seu papel no longa Central Do Brasil, que também concorria na categoria de Melhor Filme Estrangeiro. 

Continua depois da publicidade

Contudo, em uma decisão que até hoje gera controvérsia, a atriz Gwyneth Paltrow recebeu a estatueta no lugar da brasileira pelo seu papel em Shakespeare Apaixonado. Recentemente, a atriz americana reacendeu o debate sobre isso, ao revelar que utiliza a estatueta vencida em cima de Montenegro como apoio de porta.

Leia também

Todos os indicados ao Oscar de Melhor Filme da história

Todos os indicados ao Oscar de Melhor Ator na história

Todos os vencedores do Oscar de Melhor Animação da história

Destaques do NSC Total