nsc
dc

Estadual

Tubarão deixa de ser decepção ao vencer o Juventus, sensação do Catarinense 2020 

Peixe deixa a lanterna no fechamento da quarta rodada do campeonato

03/02/2020 - 21h51 - Atualizada em: 03/02/2020 - 22h24

Compartilhe

João Lucas
Por João Lucas Cardoso
CA Tubarão x Juventus
(Foto: )

O Tubarão reagiu no Catarinense 2020 ao vencer o Juventus na noite desta segunda-feira, no fechamento da quarta rodada, no Domingos Gonzalez. Deixou de ser a decepção do campeonato ao bater a sensação do Estadual por 2 a 1. Intenso e dominante, o Peixe abriu o placar, tomou o empate no decorrer do segundo tempo e no finzinho da partida alcançou o primeiro triunfo na competição. De quebra, derrubou o último invicto do Catarinense.

Com o resultado, o Tubarão deixou a lanterna do Catarinense 2020 e subiu para a oitava colocação. Os dois representantes do Oeste, Chapecoense e Concórdia, estão nas duas últimas posições. O Juventus não havia perdido até então e terminaria na liderança se tivesse vencido a partida no Sul de Santa Catarina.

Na próxima rodada, a quinta do Catarinense 2020, o Tubarão vai estar em Brusque para enfrentar os donos da casa às 19h de sábado, no Augusto Bauer. O Moleque Travesso volta para casa duelo do Norte de Santa Catarina. O João Marcatto recebe Juventus x Joinville, às 16h de sábado.

O jogo

Donos da casa e da partida. O Tubarão foi dominante desde o primeiro tempo. Aos 20 minutos, a rede grená quase balançou. Melhor em campo na etapa, Davi Lopes bateu falta frontal e o estreante Assis voou no ângulo para defender. Sete minutos depois, com belo passe do destaque do jogo até então, Rayan ficou na cara do goleiro e mandou por cima. Foi por pouco. O Peixe não conseguiu transformar a superioridade em resultado nos primeiros 45 minutos.

Não tirou o pé no segundo tempo. Seguiu na mesma batida e fez do gol questão de pouco tempo. Poderia ser aos 6, em outra batida de falta venenosa de Davi Lopes, que encontrou defesa no travessão. Mas dois minutos tempo, enfim, o barbante cachoalhou. Eliomar foi no fundo e centrou.

Zé Vitor chegou antes de todo mundo para desviar para as redes e comemorar com a torcida. Quando o Peixe ameaçava começar a esfriar a partida, uma penalidade máxima foi marcada em favor do Moleque Travesso. João Vitor, que entrou no segundo tempo, foi derrubado por Vinícius Kuerten. Pênalti que Marllon converteu.

A novidade do Juventus revigorou a equipe. O jogo ficou aberto e equilibrado até os 30 minutos. Foi quando o empate parecia bom negócio para os visitantes e péssimo para os mandantes. O Tubarão tomou fôlego, retomou a intensidade e foi para cima tentar a primeira vitória.

O Juventus não abdicou de jogar, e chegou a ter chance de virar. Porém, o último esforço do Peixe deu resultado com dois jogadores que haviam entrado minutos antes. Tales foi no fundo e mandou para Gileard. Aos 42, ele estava na frente da trave, sozinho, para cumprimentar as redes e decretar o primeiro triunfo do Peixe no Catarinense 2020

Tubarão 2 x 1 Juventus

TUBARÃO

Lee; Natan, Carlos Alexandre, Vinicius Kuerten e Gustavo Bartell; Eduardo Meurer, Edinho (Israel Júnior), Davi Lopes (Tales) e Eliomar; Zé Vitor (Gileard) e Rayan. Técnico: Pingo.

JUVENTUS

Assis; Maninho, Rogélio, Felipe Gregório e Luiz Henrique; Mikael (Pablo), Ronald e Marllon; Fabinho (João Vitor), Denner (Marcos Moser) e Geovane Itinga. Técnico: Jorginho.

GOLS: Zé Vitor, aos 6 do segundo tempo, e Gileard, aos 42 do segundo tempo (T). Marllon, aos 18 do segundo tempo (J).

CARTÕES AMARELOS: Davi Lopes, Eduardo Meurer, Eliomar e Gileard (T). Luiz Henrique e Marlon (J).

ARBITRAGEM: Luiz Augusto Silveira Tisne, auxiliado por Elen Carolon Portal Sieglitz e André Eduardo da Silveira.

LOCAL: Domingos Gonzalez, em Tubarão.

Mais notícias sobre o Catarinense 2020 no NSC Total

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Esportes

Colunistas