Às vésperas da segunda etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023, que acontecerá no próximo domingo (12), alguns alunos ainda buscam revisitar conteúdos que costumam ser contemplados nas matérias de Ciências da Natureza e de Matemática.

Continua depois da publicidade

Clique aqui e receba notícias no WhatsApp

Para ajudá-los, reunimos um time de especialistas que listam os tópicos que, normalmente, são cobrados nas provas de Física, Química, Biologia e Matemática do Enem. Confira abaixo:

1. Matemática

As 45 questões da prova de Matemática do Enem estão entre as mais aguardadas. Anderson Machado, professor de Matemática da Plataforma Ampliasistema de ensino em Educação Básica, cita alguns dos temas que costumam ser mais cobrados na prova.

Continua depois da publicidade

“O exame traz muitas questões relacionadas a Matemática básica, porém outros conteúdos também são abordados com muita frequência, tais como: proporcionalidade, geometria plana, geometria espacial, funções, probabilidade e análise combinatória”, explica.

Além disso, o professor ainda destaca um assunto que esteve presente na maioria dos anos do Enem. “O logaritmo é um conteúdo que tinha constante recorrência na prova e não apareceu nos últimos dois anos. Por isso, acredita-se que neste ano ele poderá voltar a ser cobrado na prova”, conta.

2. Física

De acordo com Renato Casemiro, coordenador de Física do Colégio Rio Branco, existem algumas temáticas que costumam ser cobradas no segundo dia de prova do Enem. Uma delas é a ondulatória. “Leia os enunciados com atenção, fique atento às unidades citadas e seus múltiplos e não esqueça da expressão: v= λ.f”, recomenda o profissional.

Continua depois da publicidade

Eletrodinâmica é outro assunto bastante cobrado. “Vale a pena lembrar que as perguntas sobre potência elétrica costumam se relacionar com a economia de aparelhos elétricos e com o efeito Joule dos equipamentos que transformam energia elétrica em calor. Lembre-se da expressão: P = τ/Δt”, completa.

“O conteúdo de Óptica, queridinho do Enem é, sem dúvidas, a refração da luz, seja do ponto de vista teórico, seja empregando as suas equações (como a lei de Snell-Descartes e sua aplicação para o ângulo limite)”.

Renato Casemiro lembra ainda que as três leis de Newton também são assunto recorrente no Enem. “Conhecer bem a aplicação da Lei da Inércia, a 2ª lei (F = m.a) e a Lei da Ação e Reação vai render bons pontos. Mas, atenção: assim como os cálculos, as perguntas conceituais são bem importantes nesse sentido”.

Continua depois da publicidade

Confira dicas para você ir bem na prova de matemática

Estudantes sentados em uma sala fazendo prova
Química orgânica e produção de energia renovável são um dos assuntos mais cobrados na prova do Enem (Imagem: LStockStudio | Shutterstock)

3. Química

Para a prova de Química do Enem, a professora da matéria Fabiola Barbosa, da Escola Vereda, aponta alguns dos temas prováveis. São eles: química orgânica, combustíveis e métodos de geração de energia renováveis e não renováveis, química ambiental, polímeros, reciclagem e eletroquímica. “Estes tópicos estão intrinsecamente ligados à compreensão dos desafios contemporâneos, como o efeito estufa e o aquecimento global, que têm raízes na química dos gases de efeito estufa”, afirma.

Para se destacar nas questões do exame, é fundamental que os estudantes compreendam não apenas os conceitos químicos em si, mas também sua aplicação prática e impacto na sociedade. Segundo ela, é preciso estar ciente das interações entre a Química, a Física e a Biologia, pois muitas questões podem exigir uma abordagem multidisciplinar.

“Os candidatos devem buscar uma preparação abrangente que inclua não apenas a memorização de fórmulas e de reações químicas, mas também a capacidade de relacionar esses conceitos à realidade e aos desafios atuais, promovendo assim um entendimento mais profundo e crítico da Química”, conta a professora.

Continua depois da publicidade

4. Biologia

De acordo com Cristina de Souza, professora de Biologia e consultora Rede Pitágoras (instituição voltada para o desenvolvimento de professores, lideranças educacionais e alunos), os temas ligados à Ecologia serão os mais cobrados.

“Em geral, são mais de 20% dos itens de Biologia que abordam ecologia e meio ambiente. Neste caso, os conteúdos mais frequentes são relações ecológicas; poluição ambiental; cadeias e teias alimentares; corredores ecológicos. Dentro deste cenário, alguns temas que podem ser abordados são o aquecimento global e suas implicações ambientais, como a seca na Amazônia e as inundações na região Sul. Outras temáticas que provavelmente serão contempladas são relacionadas ao desenvolvimento sustentável; perda da biodiversidade; a contaminação da água, ar e solo”, explica.

Além disso, a professora ressalta que os temas ligados à saúde também são relevantes. “Vale lembrar, principalmente, das doenças que surgiram recentemente, como COVID-19, e as que têm retornado, como sarampo, tuberculose, rubéola, entre outras, além das maneiras de se prevenir ou controlar a disseminação delas”, conclui a profissional.

Continua depois da publicidade

Por Luana Anjos

Leia também

Resumo sobre os principais períodos da história do Brasil​

6 dicas para relaxar antes do Enem

6 filmes para ensinar crianças e adolescentes sobre mudanças climáticas

Destaques do NSC Total