O Brusque sobe para a Série B do Campeonato Brasileiro em uma virada histórica contra o Operário por 2 a 1. Mais uma vez, Olávio foi o responsável por garantir os três pontos para o Quadricolor já no final do segundo tempo na partida que aconteceu no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR)

Continua depois da publicidade

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

O Brusque é Série B na raça e na união do grupo e da torcida

VÍDEO: Chapecoense leva empate do Ceará nos acréscimos e segue na zona de rebaixamento

o jogo 

Praticamente jogando “a vida” contra o Quadricolor, o Operário fez valer do fator casa e começou no ataque desde o apito inicial. A pressão deu resultado e o Fantasma abriu o placar logo aos nove minutos da primeira etapa. Em cobrança de escanteio, William Machado desviou e Tréllez, sem marcação, bateu de chapa para colocar a equipe paranaense na frente do placar.

Continua depois da publicidade

Na sequência, o Brusque ensaiou algumas investidas por volta dos 15 minutos, especialmente em cruzamentos para a área. Uma das melhores oportunidades aconteceu em um cabeceio de Madison, mas a bola não foi para o gol. 

Mesmo na frente do placar, o Fantasma não se limitou apenas em defender e foi em busca de ampliar o marcador. O goleiro Matheus Nogueira precisou mostrar trabalho, principalmente em um cabeceio de Felipe Garcia, que subiu sozinho no meio dos marcadores. 

O Fantasma se aproximou de marcar o segundo em uma finalização de Trélles, aos 29 minutos, que acertou a trave.

Diferente do início do jogo, o Brusque foi quem buscou as investidas no setor ofensivo. Logo no primeiro minuto, o atacante Dentinho chutou de fora da área, mas o goleiro Rafael Santos desviou a bola, que ainda encostou na trave, passou pela linha do gol, mas o arqueiro chegou primeiro que o jogador do Quadricolor. 

Continua depois da publicidade

Após os 20 minutos, o jogo ficou morno. Diego Tavares chamou atenção ao arriscar um chute de primeira, após a defesa afastar a bola, mas acabou mandando muito longe. 

O Operário voltou a levar perigo próximo dos 37 minutos quando Eduardo Neto encontrou Felipe Augusto na área, que cabeceou no lado direito do gol, mas a bola foi pra fora.

A virada do Brusque contra o Operário

Cerca de dois minutos depois, os jogadores do Brusque reclamaram de um pênalti em um possível toque na mão do Godói. Com a ajuda do VAR, o árbitro Marielson Alves Silva acabou marcando a penalidade. 

Olávio, que entrou ao longo do segundo tempo, foi o responsável por pegar a bola e finalizar no lado esquerdo do goleiro, que pulou, mas não evitou o empate aos 44 minutos. 

Continua depois da publicidade

O segundo tempo já passava dos 50 minutos quando Diego Tavares arrancou desde o campo defensivo, roubou a bola e sofreu o pênalti. Mais uma vez, Olávio foi para a cobrança, virou para o Quadricolor aos 53 minutos e garantiu o retorno à Série B do Campeonato Brasileiro. 

O Brusque chega aos 12 pontos, se garante na liderança do grupo e está na final da terceira divisão. Agora, São Bernardo, São José e Operário lutam pela 2ª vaga. 

Veja os gols e melhores momentos de Operário 1 x 2 Brusque:

Assista também:

Publicidade

Além de muita informação relevante, o NSC Total e os outros veículos líderes de audiência da NSC são uma excelente ferramenta de comunicação para as marcas que querem crescer e conquistar mais clientes. Acompanhe as novidades e saiba como alavancar as suas vendas em Negócios SC

Destaques do NSC Total